Coluna Esplanada: Calote na Infraero chega a R$ 2,6 bilhões

Seis concessionários sócias da Infraero em aeroportos estão em atraso com suas parcelas de repasse à União

Por O Dia

Brasília - Seis concessionários sócias da Infraero em aeroportos estão em atraso com suas parcelas de repasse à União e devem, juntas, cerca de R$ 2,6 bilhões – sem contar os juros. As concessionárias Triunfo (Viracopos), que tem UTC de sócia, e Invepar (Guarulhos), com a OAS – ambas enroladas na Lava Jato – não pagaram as parcelas vencidas na última segunda-feira. O ‘boleto’ de Viracopos é de R$ 173,7 milhões e o de Guarulhos chega a R$ 1,1 bilhão.

Venceu em maio

As concessionárias dos aeroportos internacionais do Rio (Galeão) da Odebrecht, e de BH (Confins) da BH Airport, devem R$ 933,4 milhões e 74,4 milhões respectivamente.

Entradinha

A parcela da Inframérica, que administra o de Brasília (JK), vence dia 24 de julho, no valor de R$ 246,5 milhões. A Anac informa que parte já foi depositada.

Homens ao mar

A Marinha cassou a maior honraria, a ordem do Mérito Naval, dada aos mensaleiros José Genoino, Dirceu, Roberto Jefferson, João Paulo Cunha e Valdemar da Costa.

Que praia, hein!

O Banco de Brasília entrou de braçadas no projeto Praia de empresários da capital. Deu R$ 100 mil em 2015 e nesta edição desembolsa R$ 240 mil. A festa se resume em espalhar areia de praia num cercadinho da orla do Lago Paranoá, pérgolas e redes fixadas em postes de eucalipto sobre a água.

Alô, MP!

A farra é um prato cheio para a promotoria do Meio Ambiente do MPDFT. E a organização, com todo esse dinheiro, ainda cobra ingressos!

Sinal vermelho

O presidente Michel Temer mandou ministros minarem a candidatura de Marcelo Castro (PMDB-PI), ex-ministro de Dilma. Soube que, se eleito presidente da Câmara, a primeira medida seria instalar a comissão de impeachment de Temer, hoje numa gaveta. 

Em campanha

A peregrinação de Lula pelo Nordeste incluiu visita a bases eleitorais de senadores que podem reverter votos no processo de impeachment de Dilma. No palanque e nas reuniões, o Barba foi claro: quem votar contra ela não terá seu apoio em 2018.

O duplo

O presidente da Infraero, Antônio Claret, foi confirmado membro do conselho administrativo da concessionária do Aeroporto de Viracopos (Campinas) dia 8. Como estatal é sócia (49%) do grupo privado, tem três assentos no conselho, sem jetom.

Na mira

Mas a associação dos empregados da estatal não vê com bons olhos, e questiona conflito de interesses. Com a palavra, o Comitê de Ética da Presidência da República.

Recado aos colegas

O senador Ataídes Oliveira (PSDB-TO), um dos autores das 10 medidas anticorrupção, mira o projeto de lei de abuso de autoridade, que pode brecar as investigações da Lava Jato: “Tem que tirar são os maus políticos, não o poder das autoridades”.

Parem as máquinas

O Código Comercial previsto para votação hoje na comissão especial na Câmara teve artigo retirado que causou apreensão na imprensa. Previa que o balancete de empresas poderia ser divulgado nos sites dos jornais, e não obrigatoriamente nos impressos.

Mas..

A ABERT pressionou e conseguiu que o relator Paes Landim recuasse. Muitos jornais, já na bancarrota, quebrariam sem esta receita.

Palanque

A Câmara chegou a registrar 17 candidatos a presidente. A grande maioria por vitrine – aparecer na TV e lembrar ao eleitor que ele(a) existe. Só três deles tinham chances.

Ponto final

“Muito obrigado e me desculpe”

De Waldir Maranhão, no discurso de despedida da presidência da Câmara ontem. Está desculpado... 

Por Leandro Mazzini

Últimas de Brasil