Centrais sindicais farão protesto, nesta terça, em São Paulo contra juros altos

A mobilização reunirá Força Sindical,CUT e várias outras entidade a partir das 10h, em frente ao Banco Central

Por O Dia

São Paulo - As centrais sindicais se reunirão nesta terça-feira, em frente à sede do Banco Central (BC) na Avenida Paulista, na região central de São Paulo, para protestar contra o atual patamar dos juros.

A mobilização reunirá Força Sindical, Central Única dos Trabalhadores (CUT), União Geral dos Trabalhadores (UGT), Nova Central, Central dos Sindicatos Brasileiros (CSB) e Central dos Trabalhadores e Trabalhadoras do Brasil (CTB). O ato acontecerá no primeiro dia da reunião do Comitê de Política Monetária (Copom). O "Protesto contra os juros altos", nome dado à mobilização de amanhã, terá início às 10h.

A decisão sobre os juros será anunciada na quarta-feira, a partir das 18h, assim que terminar a reunião de dois dias onde é definido o futuro da taxa Selic. O encontro dos diretores do BC, na quarta-feira, terá início às 14h30. A taxa Selic está atualmente em 14,25% ao ano.

Últimas de Brasil