Coluna Esplanada: Após roubarem, delatores dão despesas

Equipes da Polícia Federal fazem a segurança de envolvidos no esquema do 'Petrolão'

Por O Dia

Rio - A Polícia Federal não divulga por questões de segurança estratégica – em especial dos seus próprios agentes: há equipes protegendo o ex-diretor da Petrobras Nestor Cerveró, o lobista Fernando Baiano, no Rio, e o ex-presidente da Transpetro Sergio Machado, que sequer põe a cabeça na janela na fortaleza que mora em.. Fortaleza. Eles temem a ‘queima de arquivo’. Paulo Roberto Costa, o primeiro delator, também tem escolta.

Infância em risco

O ministro do Desenvolvimento Social, Osmar Terra, traçou para o presidente Michel Temer quadro trágico da contaminação: são 2 mil os casos de crianças infectadas.

Saldo no vermelho

A CPI do CARF, que ganhou 60 dias, vai cercar os banqueiros. Os presidentes do Bradesco, Itaú e Joseph Safra, do homônimo, serão convocados. Não convidados.

O inquilino

Afastado pelo STF, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), que renunciou à presidência, não deixou a bela residência oficial. Indagado da data, Cunha resmungou: “O quanto antes”.

O de sempre

Não é só prestígio, benesses do Poder e controle da pauta com projetos de interesse em jogo na disputa da presidência da Câmara. A Casa tem orçamento de R$ 5,3 bilhões anuais. É maior que a grande parte das prefeituras do Brasil e ganha até de alguns ministérios. Sem falar nos contratos terceirizados e sem licitação.

Ganância sem seca

As empreiteiras da Lava Jato precisam de dinheiro. E de repente o Governo estuda novo e bilionário projeto de ampliação da transposição do rio São Francisco – cuja nascente chegou a secar meses atrás.

Yankees em alto mar

Os irmãos David e Charles Koch, que controlam o setor de petróleo americano e que são amigos de tucanos paulistas, estão de olho na mudança da lei para a licitação de campos do pré-sal em 2017, e com a saída da Petrobras na exploração mínima de 30%.

Minha Casa..

Desempregado, o ex-presidente da Conab, Lineu Olímpio, vai se candidatar a prefeito de Jaraguá (GO), que já administrou. Na Conab, mandou cestas básicas para a cidade.

Bravinha

A deputada Bruna Furlan (PSDB-SP) revelou o quanto suporta a Casa. No dia da votação para presidente deixou o plenário aos gritos: “Finalmente saí desse hospício!”

Seu Doutor

Começou a tramitar na Câmara o projeto 5.773/16, do deputado Gonzaga Patriota (PSB-PE), que determina tratamento protocolar equânime entre advogados, juízes e promotores, respaldado em pesquisa acadêmica do advogado Antônio Sólon Rudá.

Oficial

O texto altera o Artigo 6º da Lei 8.906/98, Estatuto dos Advogados, que terá novo parágrafo: “aos Advogados deve ser dispensado o mesmo tratamento protocolar que recebem os magistrados e os membros do Ministério Público”.

Na fila

Enquanto no Planalto o coro era de comemoração após a vitória de Rodrigo Maia (DEM-RJ), uma voz soava desolada. Era a de Tadeu Filippelli, secretário de Relações Institucionais de Temer, que depositava em Rogério Rosso (PSD-DF) todas as fichas para pavimentar sua candidatura ao Governo do DF.

Trio da pesada

Três nomes de peso do Planalto entraram em campo no segundo turno das eleições da Câmara para garantir a vitória de Maia (DEM-RJ). Moreira Franco, Eliseu Padilha e o próprio Temer reverteram dezenas de votos em prol do democrata.

#vaitervolta

Partiu de uma servidora terceirizada da Câmara o grito: “Tchau, querido”, direcionado ao deputado Eduardo Cunha, na saída da CCJ. Cunha a reconheceu.

Saturnino

Saturnino Braga fará hoje palestra na comemoração dos 50 anos do Teatro Casa Grande, com Noca da Portela. O ex-senador lança livro de contos amanhã na Argumento.

Coluna de Leandro Mazzini


Últimas de Brasil