Coluna Esplanada: Assalto Olímpico

Falta inteligência à força-tarefa da segurança dos Jogos Olímpicos, ou é má vontade mesmo

Por O Dia

Brasília - Falta inteligência à força-tarefa da segurança dos Jogos Olímpicos, ou é má vontade mesmo – talvez ambas. O comitê recusou credenciais a mais de 60 pessoas com mandados de prisão. Num mínimo de esforço, a turma do coldre prepararia uma armadilha para encarcerar os meliantes: informava um local, dia e hora para retirada do passe e enquadrava de uma vez só os foragidos. Mas eles devem ter amigos poderosos, e ficou por isso mesmo.

Vice 

Por essa falta de iniciativa, e de outras das polícias Brasil afora, só o Estado do Rio tinha, até ontem, 43.242 foragidos da Justiça. Vale lembrar que a polícia está sucateada

Éééé campeão!

Apenas São Paulo tem 156.054 com mandados de prisão. Os dados são do Banco Nacional de Mandados de Prisão do CNJ. No País inteiro são mais de 400 mil.

Amizade é isso aí

Alguma construtora amiga precisa de dinheiro. O GDF está abrindo calçadas onde já existem passeios construídos no Plano Piloto pela gestão Agnelo Queiroz.

Todo Poder..

A vergonhosa vista grossa feita pela segurança dos Jogos do Rio estreia no mês em que o general Sérgio Etchegoyen, chefe do Gabinete de Segurança Institucional da Presidência, começa a esboçar a Política Nacional de Inteligência.

.. ao General

Não se descarta o GSI criar força-tarefa permanente com militares, policiais, delegados federais e agentes da Abin. O decreto 8.793, do presidente Michel Temer, “visa a definir os parâmetros e os limites de atuação da atividade de inteligência e de seus executores”.

Carta branca

O Artigo 2º do decreto informa que compete ao GSI coordenar as atividades no “âmbito da administração pública federal”. E o 3º lembra, em outras palavras, que deve haver colaboração de órgãos federais no planejamento.

Mordomia

Um exemplo do dinheiro gasto e pessoal dedicado a delatores bandidos do Petrolão. Só Paulo Roberto Costa, ex-diretor, tem 16 policiais federais que se revezam na escolta.

Bala neles

Após Iris Rezende (PMDB) retirar sua pré-candidatura à prefeitura de Goiânia, o deputado federal Delegado Valdir, que trocou o PSDB pelo PR, lidera a disputa.

Rainha

Embaixadora dos EUA no Brasil, Liliana Ayalde foi tratada como rainha em visita sábado à pequena Pirenópolis (GO). Entrou na cafeteria Pé di Café com cinco seguranças. Foi visitar o amigo embaixador aposentado Sérgio Amaral.

Água para vinho

Comemora-se na Esplanada, até hoje, a queda de Eva Maria Chiavon da Casa Civil do Planalto, ex-manda-chuva do departamento. Para altos membros do atual Governo, ela tinha perfil socialista ferrenho. Na sua vaga entrou o general Roberto Severo Ramos.

Desglobalização

Um dos mais requisitados cientistas políticos do Brasil no exterior para debater BRICS, o diplomata Marcos Troyjo, professor da Universidade de Columbia (NY), lançou “Desglobalização: Crônica de um Mundo em Mudança“.

A bem da saúde

Única que cumpre o chamado ciclo nuclear - da extração de urânio ao desmantelamento de usinas - a Rosatom constrói atualmente 36 reatores nucleares. Acaba de anunciar que vai comercializar, ainda este ano, o iodo-125, fundamental no combate ao câncer.

Aliá$

A Rosatom, estatal russa, fechou 2015 com uma carteira de encomendas de mais de US$ 110 bilhões para a próxima década.

Ponto Final

“Não tenho medo de nada”

Do deputado afastado Eduardo Cunha (PMDB-RJ), há uma semana. E deu no que deu.

Últimas de Brasil