Operação 'Salve Jorge': PF desarticula esquema de tráfico de pessoas no AM

Grupo pretendia levar dançarinos para Coreia do Sul

Por O Dia

Manaus - A Polícia Federal faz nesta sexta-feira operação para desarticular uma organização criminosa que usava ilegalmente o próprio nome da PF. O grupo fazia anúncios para atrair jovens amazonenses a apresentações artísticas na Coreia do Sul, mas na verdade tinha como objetivo a exploração sexual dos interessados.

A empresa Brazil Amazon Show & Productions postava anúnicos em redes sociais para recrutar jovens dançarinos e dançarinas, com a promessa de pagar passagens aéreas, visto, alimentação, moradia e um salário de R$ 3 mil. A PF era apresentada como validadora dos contratos de trabalho.

A Operação Salve Jorge cumpre na manhã desta sexta-feira cinco mandados de condução coercitiva e cinco de busca e apreensão. As investigações apontaram cidadãos sul-coreanos como responsáveis por financiar o esquema.

A deflagração da Operação Salve Jorge ocorre na véspera do Dia Mundial de Enfrentamento ao Tráfico de Pessoas, dia eleito pela Assembleia-Geral da ONU, e marca a participação da Polícia Federal na "Campanha Coração Azul", que visa alertar a sociedade sobre o tráfico de pessoas.

Últimas de Brasil