Chefe do gabinete de Marco Feliciano é preso acusado de sequestro qualificado

A jornalista Patrícia Lelis, ex-militante do PSC jovem, forneceu detalhes de como, segundo ela, o deputado a atraiu para seu apartamento funcional em 15 de junho

Por O Dia

Brasília - Conforme noticiou a Coluna Esplanada, o pastor e deputado Marco Feliciano está sendo acusado de estupro por uma jovem. Na noite desta sexta-feira, o chefe de gabinete do deputado, Talmo Bauer, foi preso preventivamente sob a acusação de sequestro qualificado contra a jovem de 22 anos. A Procuradoria-Geral da República avalia se investiga Feliciano a pedido da Procuradoria Especial de Mulher do Senado.

A jovem também fez um boletim de ocorrência confirmou tudo o que contou à Coluna, publicada com exclusividade no DIA. Todos os bastidores da prisão e do que Feliciano e o assessor tramavam para a menina serão destaque da Coluna deste sábado. 

Saiba mais: Mãe complica a filha e Marco FelicianoLeia aqui: 'Me levou a fazer coisas à força', diz mulher sobre Feliciano

Últimas de Brasil