Na Geórgia, Brasil ganha quatro medalhas em olimpíada de química

O evento foi realizado durante dez dias. Brasileiros levaram para casa duas medalhas de prata e duas de bronze

Por O Dia

São Paulo - O Brasil conquistou quatro medalhas na 48ª  Olimpíada Internacional de Química, que aconteceu em Tbilisi, na Geórgia. Todos os alunos participantes saíram premiados. A equipe brasileira recebeu duas medalhas de prata e duas de bronze e terminou em 17º na classificação geral. 

No centro%2C Davi Aragão (CE)%2C Pedro Seber (SP)%2C Vitor Gomes (SP)%2C Gabriel Amgarten (CE)%2C entre os professores Fabiano Gomes%2C da UFRN%2C e Arimateia Lopes%2C reitor da UFPIDivulgação

Os alunos Vitor Pires e Pedro Seber ficaram na 58ª e 64ª posições, respectivamente, e trouxeram uma medalha de prata cada um. Gabriel Amgarten e Davi Aragão terminaram a competição no 89º lugar e no 95º lugar, respectivamente, e conquistaram medalhas de bronze. No total, 270 estudantes de 80 países participaram do evento, e 170 conquistaram medalhas: 30 de ouro, 57 de prata e 83 de bronze, além de nove menções honrosas. 

A 48ª edição da Olimpíada Internacional de Química ocorreu durante os dias 27 de julho e 01 de agosto. A próxima competição acontece no ano que vem na Tailândia. 

Veja quem foram os primeiros colocados entre os 80 países participantes:

1- China
2 - Russia
3 - Taipé Chinês
4 - Romania
5 - Coreia
6 - Irã 
7 - Índia
8 - Tailândia
9 - Cingapura
10 - Japão
17 - Brasil

Últimas de Brasil