Coluna Esplanada: Obras federais serão retomadas por Temer

Serão R$ 16,3 milhões para reformas em três aeroportos; R$ 4,9 milhões para uma rodovia e outros valores

Por O Dia

Brasília - São 1.519 as obras federais inacabadas que custam entre R$ 500 mil e R$ 10 milhões e serão retomadas de imediato, com o fim da Era Dilma e a certeza de que Michel Temer ficará no cargo. A pá está nos canteiros, e o Planalto já vai liberar o dinheiro para a conta das empreiteiras.

Serão R$ 16,3 milhões para reformas em três aeroportos; R$ 4,9 milhões para uma rodovia; e outras rubricas de diferentes valores para saneamento, conservação de cidades históricas, construção de creches e de quadras nas escolas.

Day after

Gilberto Carvalho, o ex poderoso ministro dos oito anos do Governo Lula, contenta-se com pouco. Tornou-se assessor parlamentar da Minoria do Governo no Senado.

No lugar certo

Algum artista-gênio conseguiu instalar uma gigante escultura, esfera de aço, na rotatória da Quadra 302 Norte, a residencial dos deputados. Simula algemas entrelaçadas.

Salada de frutas

E o abacaxi em que se meteu o senador Hélio José (DF), defendendo a nomeação de amigo na SPU, hein? É um banana falando da melancia. Maracujina no copo já, doutor.

Sem dízimo

O dízimo do Pr. Feliciano começou a mixar. Após a denúncia de tentativa de estupro, feita por Patrícia Lélis, evento da Loja Cristã Ebenezer com o deputado foi cancelado em Cascavel (PR). Aliás, Feliciano cancelou toda a sua agenda para as próximas semanas. Sua assessoria está ligando para cidades onde palestraria ou pregaria.

Só piora

O seriado tupiniquim da vida real ‘House of Feliciano’ & ‘Lélisgate’ surpreende a cada dia nas reviravoltas. Ver-se-á que ele não é santo, e ela passa longe de uma dama. Os vídeos do prédio do parlamentar vão aparecer – e em SP ela será indiciada por extorsão.

Índio querer turista

Índios de etnias do Mato Grosso vão pessoalmente ao Rio Media Center do Parque Olímpico no sábado convidar jornalistas estrangeiros para conhecerem a rota Parecis – que permite aos turistas vivenciarem o cotidiano dos nativos na aldeia do Centro-Oeste.

Povo atento

O PLS 193/16, que implanta o ‘Escola sem Partido’ – nova polêmica no debate educacional do País – é líder do rank do programa e-cidadania do Senado, que computa as opiniões públicas sobre as proposições que tramitam na Casa.

Isenção no boletim

A proposta do senador Magno Malta (PR-ES) proíbe ideologia partidária e política nas disciplinas. Para alguns políticos e pais, tem havido direcionamento nas aulas, em razão de a maioria dos professores serem de sindicatos ligados à esquerda.

Cara na tela

Lula decidiu mudar o tom do discurso para tentar salvar Dilma no Senado na votação do impeachment. Em vez de apelos e afagos, sem resultados, a ordem do Barba agora é constranger senadores antigos aliados com fotos e vídeos nas redes sociais.

Chave$ sem crise

A despeito da crise na economia que freou o mercado imobiliário, a MRV Engenharia entregou 20.770 imóveis nos primeiros seis meses de 2016, destes 1.399 foram no DF. A meta da companhia e chegar ao final do ano com 38 mil chaves entregues.

Perfil do morador

Os clientes, em sua maioria, são jovens, que estão comprando o primeiro apartamento, seja por serem recém-casados, por morarem de aluguel ou na casa dos pais e sogros.

Brizola na tela

José Augusto Ribeiro escreve roteiro de documentário sobre Leonel Brizola. O jornalista já é autor da biografia sobre Getúlio Vargas e de livro sobre Tancredo Neves.

Presidente Bossa Nova

A cantora Hanna, intérprete da Bossa Nova há três décadas, homenageia JK no clipe 'Chega de Saudade' que comemora os 60 anos de parcerias de Vinicius de Moraes e Tom Jobim e que será lançado hoje no Baixo Leblon, reduto dos artistas cariocas.

Vinicius e Tom compuseram sob encomenda para o ex presidente Juscelino a Sinfonia do Alvorada. Que foi censurada na época da ditadura militar e que por isso é até hoje desconhecida do grande público.

Ponto Final

Um bando de gestantes ricas foi residir em Miami por medo do zika vírus no Brasil. Agora, a cidade americana vive um surto pior que Rio e SP.

Coluna de Leandro Mazzini

Últimas de Brasil