Polícia Federal faz operação, em vários estados, contra pornografia infantil

Cerca de 150 policiais federais cumprem 29 mandados de busca e apreensão no DF, Goiás, Espírito Santos, Mato Grosso e Mato Grosso do Sul

Por O Dia

Brasília - A Polícia Federal no Distrito Federal deflagrou nesta quinta-feira, a Operação Láquesis, para combater crimes de armazenamento, produção e divulgação de pornografia infantil na internet. Estão sendo cumpridos 29 mandados de busca e apreensão em Brasília (DF), três em Anápolis (GO), um em Vila Velha (ES), um em Sinop (MT) e um em Cuiabá (MT). Ao todo, participaram da operação cerca de 150 policiais federais.

Os envolvidos foram identificados durante o armazenamento e distribuição do material ilícito em redes ponto-a-ponto (P2P) na internet. No curso da investigação, foram tomados depoimentos de investigados e testemunhas.

Na operação de hoje, os agentes apreenderam notebooks, celulares, smartphones, pen drives, tablets, HDs externos, cartões de memória, entre outros. Todo o material recolhido passará por exame pericial nas unidades da PF responsáveis pela execução das buscas domiciliares.

A operação recebeu este nome em referência a uma das três deusas denominada Láquesis, que determinava a vida humana e o destino, responsável pela distribuição das sortes.

Últimas de Brasil