Esplanada: Deputados pedem intervenção internacional para anular impeachment

Petistas peticionaram ofício encaminhado à Comissão Interamericana de Direitos Humanos

Por O Dia

Brasília -  O PT quer fazer barulho em defesa da presidente afastada Dilma Rousseff, a fim de sensibilizar em outros países quem não conhece as sérias investigações. Deputados petistas peticionaram ofício encaminhado à Comissão Interamericana de Direitos Humanos, ligada à Organização dos Estados Americanos (OEA), pedindo intervenção internacional para anular o processo de impeachment.

Quem acaba de ser nomeado secretário-geral da comissão na OEA é o petista Paulo Abrão, ex-braço direito de José Eduardo Cardozo – advogado de Dilma – no Ministério da Justiça.

Só barulho

É balela. A OEA não pode interferir. Mas os petistas vão fazer barulho, porque agora têm um aliado de peso na comissão.

Nomeia Melancia

A coluna pesou a caneta ao publicar que o senador representante do fisiologismo frutal Helio José (DF) é um banana. Pedimos desculpas. É um pastel.

Provou do crime

Um dos acusados de pedofilia engoliu o pendrive antes de ser detido pela PF ontem. Até o fechamento da coluna, seu intestino estava processando o conteúdo..

Xerife cibernético

O delegado federal Stenio Sousa é dos mais competentes investigadores no País de crimes cibernéticos. Foi ele quem desbaratou quadrilha de pedófilos no Centro-Oeste.

Recado prévio

Ex-líder do MST e hoje no comando da Frente Nacional de Luta Campo e Cidade, José Rainha foi avisado em primeira mão que o Ministério do Desenvolvimento Agrário seria recriado uma semana antes de o ministro Eliseu Padilha anunciar no Senado. Foi um recado para acalmar a turma que já preparava invasões de fazendas.

No radar

Como publicamos ontem, o Governo criou uma força tarefa para monitorar os movimentos sociais do campo e urbanos. Pelo visto, estão sabendo muito, de todos.

PokeTemer

Em meio à febre mundial do Pokémon Go, usuários do aplicativo identificaram em Brasília um ‘Pokestop’ – local onde jogadores podem coletar ícones especiais. Acreditem, é no Palácio do Jaburu, residência oficial do presidente Michel Temer.

Que curioso..

Ou seja, só têm acesso ao “ícone” pessoas com livre trânsito no Palácio – como seguranças, funcionários e, claro, o pequeno milionário Michelzinho, filho de Temer com a futura primeira-dama Marcela.

Poeta do Poder

“Parar. Parar, não paro. Esquecer. Esquecer não esqueço. Se caráter custa caro, pago o preço”, leu o senador Requião (PMDB-PR) trecho de poema de Sidônio Muralha, na sessão que abriu o impeachment de Dilma. Mas ele esqueceu de dizer que a apoia porque seu irmão ganhou alto cargo na Itaipu binacional no Governo do PT.

Último getulista

O jornalista Orpheu Salles, que trabalhou nos governos de Vargas, JK e Jango, foi internado no Copa D'Or no Rio com síndrome de Guillain Barre, aos 94. Tiago Salles e o jornalista Francisco Viana, biógrafo de Prestes. escrevem a biografia de Salles.

Oi, querida..

Feliciano telefonou para Patrícia Lélis quando ela estava em SP com seu chefe de gabinete. Ele pediu a ela para gravar um vídeo bem feito, em sua defesa: “Me ajuda, tenho família”, ela relatou à polícia. O vídeo dessa ligação foi publicado pela Coluna.

Lélisgate

A Polícia de SP não deve indiciar por favorecimento pessoal Talma Bauer, chefe de gabinete do deputado federal Marco Feliciano, a despeito das provas de que negociou pagamento de R$ 50 mil pelo silêncio da mulher que acusa o político de agressão.

Não tem santo

Num dos vídeos apreendidos, segundo investigadores há claro pedido de dinheiro por Patrícia Lélis. Já o advogado da jovem reforça que ela estava sob coação e foi obrigada a gravar e falar algumas frases, numa armadilha de Bauer.

House of Feliciano

Seguem em Brasília as investigações contra Feliciano. A lei do silêncio passou a imperar entre seguranças e faxineiros no bloco onde mora, embora haja relatos confirmando que houve gritaria no apartamento.

Ponto Final

“Medalha Olímpica não tem cor, é bom ganhar”

Da judoca Mayra Aguiar, bicampeã no bronze olímpico.

Coluna de Leandro Mazzini

Últimas de Brasil