Polícia procura suspeito de receber R$ 50 mil de chefe do gabinete de Feliciano

Homem teria recebido dinheiro como intermediário pelo silêncio da suposta amante, Patrícia Lélis

Por O Dia

São Paulo - As Polícias de São Paulo e do Rio procuram um homem chamado Arthur Mangabeira para depor no 3º Distrito Policial em SP. Ele é suspeito de receber R$ 50 mil do chefe de gabinete do deputado federal Feliciano (PSC), como intermediário pelo silêncio da suposta amante, Patrícia Lélis – mas sumiu do radar. Ela acusa Feliciano de agressão e tentativa de estupro no apartamento funcional em Brasília, e não viu a cor do dinheiro. Ontem, um misterioso depósito de R$ 50 mil apareceu na conta da garota, e seu advogado pediu o bloqueio ao BB para descobrir quem foi o remetente.

Homem de Deus..

Numa ligação para Arthur (vídeo com a Coluna), Bauer, o chefe de gabinete e policial aposentado, mandou beijo no coração, falou em Deus e que iria ao Rio atrás dele.

Desgraça pouca

Feliciano está com script pronto para amanhã. A Polícia de SP quer prender a mulher por extorsão. Apesar de muito suspeito, ele quer se fazer de vítima na tribuna.

Que saúde

O patrimônio da filha do ministro da Saúde, Maria Victória, candidata a prefeita de Curitiba, cresceu 5.000% em dois anos, de R$ 17 mil para R$ 890 mil.

Cantinho da saudade

Até 2009, então deputado federal, Michel Temer e o colega de plenário Eduardo Cunha eram unha e carne - ou vinho e pão - no bar do Piantella, com mesa cativa, todas as quartas-feiras à noite. Aos poucos, Temer foi se dissociando da patota - da qual participava entre outros Miro Teixeira (este, sem qualquer rolo).

Barrados na TV

Os deputados Ivan Valente e Luiza Erundina, ela candidata pelo PSOL à prefeitura de São Paulo, fizeram plantão preparando a defesa jurídica para esta semana. Valente reclama da exclusão dela do debate da Band TV na próxima segunda. “Erundina tem 10% das intenções de votos e já foi prefeita”, justifica Valente.

Dieta Brexit

Há duas semanas detido numa prisão de Paris, após tentar entrar na Irlanda com visto de turista, o goiano Edson Ribeiro da Silva come só cenoura, pão e água, cedidos pela polícia. Queria se juntar a outros para trabalhar, e depois conseguir um visto definitivo.

Sem mapa

Edson foi deportado porque não soube citar, no aeroporto em Dublin, quatro pontos turísticos que visitaria. Detalhe, ele nunca havia ido à Europa.

Medalha de Lata!

O Detran do DF foi banido pela população dos Jogos 2016 em Brasília por incompetência e exibicionismo. A turma do colete verde-farol, que almeja porte de arma, fechou perímetro em 5 km, bloqueou vias desnecessárias e complicou a vida de meio milhão de motoristas nos dias dos jogos de futebol no Estádio Nacional.

Medalha de Lata! 2

Já os organizadores no Estádio levaram ouro em.. Desorganização. No sábado, mais de 20 mil torcedores ainda estavam na fila quando Portugal x Alemanha já corriam em 15 minutos de partida. No intervalo, ainda havia umas 5 mil pessoas no pátio.

Do seu, do nosso

O senador Roberto Requião (PMDB-PR) twittou na sexta: “Já em Montevideo para o Parlasul. Agradeço sugestões de restaurante para o jantar”. O leitor pode dar dicas, já que a conta será paga pelo povo.

Águas do Rio

Estreou sábado na GNT – e está no Youtube – um excelente documentário de 3 capítulos titulado ‘Toxic Guanabara’. Mostra a triste realidade atual da Baía que seria despoluída para os Jogos Olímpicos como um dos legados.

Ponto Final

“A presidenta inocenta @Dilmabr agora é a réa”

Da advogada Janaína Paschoal, em tom de ironia ao comemorar a decisão do Senado que levou Dilma a julgamento final.

?Coluna de Leandro Mazzini

Últimas de Brasil