Anvisa suspende lote de calmantes

Decisão proíbe a distribuição, comercialização e uso de lotes específicos de remédios como Rivotril e Lexotan

Por O Dia

Brasília - A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) suspendeu ontem lotes de três medicamentos tranquilizantes de venda controlada, usados para combater a ansiedade e insônia, entre outras indicações. A suspensão ocorre após testes apontarem absorção insuficiente ou falhas na embalagem.

A decisão da Anvisa proíbe a distribuição, comercialização e uso de alguns lotes específicos de remédios como o Rivotril e Lexotan.

Ficam suspensos os lotes RJ0792 e RJ0899 do Rivotril (Clonazepam), com comprimidos de 0,5 mg e validades em fevereiro de 2017 e janeiro de 2019, respectivamente; assim como o lote RJ0613 do medicamento Lexotan (Bromazepan), de 6 mg, com validade até janeiro de 2018. Segundo a Anvisa, foram detectados índices insuficientes em resultados de testes in vitro que simulavam a absorção dos comprimidos pelo organismo.

Últimas de Brasil