Travesti é assassinado após não pagar dívida de R$ 20

Vítima estaria devendo a criminosos do bairro onde morava. Crime aconteceu na noite dessa quinta-feira

Por O Dia

Cuiabá - Uma travesti, de 30 anos, foi morta a tiros na noite dessa quinta-feira, em Cuiabá, no Mato Grosso. O motivo do crime? Uma dívida de 20 reais a traficantes. Segundo a Polícia Civil, Werik Rafik Pinto de Arruda foi atingido por seis disparos e morreu no sofá da casa onde morava. Nenhum suspeito foi preso até a manhã desta sexta-feira.

Werik Rafik Pinto de Arruda%2C tinha 30 anos%2C foi atingido por seis tirosReprodução/TV Globo

De acordo com a polícia, a travesti teria sido morta porque não pagou uma dívida a um traficante do bairro onde ela moravo. O assassinato ocorreu em um bairro chamado Pedra 90.

Sofá da casa onde Werik Rafik foi morto Reprodução/TV Globo

Uma testemunha que estava no local do crime prestou depoimento na DHPP em Cuiabá. Uma pessoa que teria cometido o assassinato já foi identificada, no entanto, ainda não foi presa pelos policiais.

Últimas de Brasil