Suspeito de ter assassinado três brasileiras em Portugal é preso em MG

Dinai Gomes fugiu para o Brasil em fevereiro, época do desaparecimento das três mulheres

Por O Dia

Belo Horizonte - A Polícia Federal prendeu, nesta segunda-feira, em Minas Gerais, o suspeito de ter assassinado e ocultado os corpos de três mulheres brasileiras que viviam em Portugal. Dinai Gomes é acusado de ter matado a amante, Michelle Santana Ferreira, a irmã dela, Lidiana Neves Santana e Thayane Mendes Dias, namorada de Lidiana, em fevereiro deste ano. Os corpos das três foram achados em agosto, em um poço de um hotel para cães onde o suspeito trabalhou.

A Justiça Federal de Belo Horizonte emitiu mandados de prisão temporária, de busca e apreensão e de condução coercitiva. Dinai está preso na Penitenciária Nelson Hungria. Se condenado, o suspeito poderá pegar até 99 anos de prisão.

Segundo publicou o jornal 'I', de Portugal, uma das linhas de investigação da polícia portuguesa liga o crime à homofobia, já que o acusado seria 'extremamente conservador' e não aceitava o namoro de Lidiana e Thayane. Outra possibilidade da causa do triplo assassinato aponta para a tentativa de Dinai esconder a relação que mantinha com Michelle, que estava grávida.

Michelle descobriu estar grávida semanas antes de sumir%3B a irmã%2C Lidiana%2C e Thayane também foram mortasReprodução


Últimas de Brasil