Grace Mendonça é nomeada para a Advocacia-Geral da União

Advogada substitui Fábio Medina Osório e será a primeira mulher a ocupar cargo no alto escalão do governo de Michel Temer

Por O Dia

Brasília - O presidente Michel Temer acaba de anunciar a substituição na chefia da Advocacia-Geral da União (AGU). O cargo será assumido pela advogada Grace Maria Fernandes Mendonça, servidora do órgão e primeira mulher a ocupar uma posição de maior importância no governo Temer.

Grace substituiu Fábio Medina Osório, que deixa o cargo por desgastes com a equipe política do governo. Com o ministro-chefe da Casa Civil, Eliseu Padilha, Osório foi acusado de 'atropelar' a agenda e marcar uma reunião com o presidente antes do responsável pela Casa Civil. 

Também causou mal-estar no caso da substituição da presidência da Empresa Brasil de Comunicação (EBC), Ricardo Melo, cuja troca está suspensa após liminar concedida pelo ministro Dias Toffoli, do Supremo Tribunal Federal (STF).

Para completar, o antigo advogado-geral teria começado a investigar as ações de José Eduardo Cardozo, seu antecessor no governo Dilma, o que teria causado atrito com aliados.

Com carreira na AGU%2C Grace Maria Fernandes Mendonça%2C será a primeira mulher no alto escalão da gestão TemerDivulgação

Carreira na AGU e primeira advogada-geral

Grace Mendonça é a primeira mulher a assumir a advocacia-geral da União. Com carreira na AGU, Mendonça era a responsável pelo acompanhamento das ações no STF. Apesar da Advocacia-Geral não ter mais status de ministério, o governo vai enviar uma PEC ao Congresso para garantir que o Advogado-Geral da União tenha as mesmas prerrogativas de um ministro.

Últimas de Brasil