Coluna de Esplanada: Temer se irrita com pedidos de partidos da base

Ele tenta aparar as arestas com os aliados, e avisou na última reunião com integrantes do chamado 'Centrão' que não governa 'sob pressão'

Por O Dia

Brasília - A irritação do presidente Michel Temer nos últimos dias tem vários motivos. Mas um deles tem tirado o peemedebista do sério: o pedido de partidos da base por mais espaço na Esplanada com a reforma ministerial e de apoio aberto de ministros aos candidatos às prefeituras nas disputas estaduais.

Temer tem tentado, pessoalmente, aparar as arestas com os aliados, e avisou na última reunião com integrantes do chamado “Centrão” que não governa “sob pressão”. Mas sob pressão, já recuou sobre o corte de ministérios.

Reforma tucana

Sem alarde, com a nova conjuntura política a favor, o PSDB encampou a sua reforma política e conseguiu levar ao plenário do Senado uma PEC que extermina os ‘nanicos’.

Na pauta

Aécio Neves, Ricardo Ferraço, autores, e o relator Aloysio Nunes fizeram valer suas forças na CCJ e avançaram na cláusula de barreira e fim das coligações proporcionais.

Conta outra

A senadora ex-loura Gleisi Hoffmann é alvo de inquérito da Lava Jato no STF. Ela pediu adiamento do julgamento dia 20 porque seu advogado não estará no Brasil.

Outra do ‘Gordinho’

Um ano após brilhar num vídeo ‘viral’ na internet, ao ser flagrado num motel da Grande BH com a esposa de um amigo, o Gordinho da Saveiro – como ficou conhecido na internet – apronta outra. Agora é Gordinho do Robinson – o modelo de helicóptero que comprou da família do senador Zezé Perrella.

Agora no ar

O aparelho R-66 prefixo PR-GZP foi vendido em junho deste ano para o empresário Leonardo Emerek, o ‘Gordinho’. Há dias o helicóptero foi interditado pela ANAC ao descobrir que o piloto fez rasante sobre lanchas num lago de Minas. E dele pulou na água um passageiro. A assessoria de Perrella confirmou a venda.

Perrella tenso

Desde quarta-feira o senador cobra da ANAC a alteração dos dados cadastrais da aeronave no sistema. Até ontem, constava que era da Limeira Agropecuária. Perrella garante que vendeu para uma construtora de Emereck.

El temido

O traficante brasileiro-paraguaio Jarvis Chimenes Pavão deu entrevista ao ABC Color e mandou recado para autoridades daqui e do país vizinho: se for extraditado para o Brasil, vai abrir o bico e entregar muitos políticos. E como negociou a soltura de Alan Fick, o garoto brasileiro que fora sequestrado na fronteira por milícia paraguaia.

Grita PT 1

Depois de assistirem à contundente entrevista do procurador Deltan Dallagnol, que carimbou o ex-presidente Lula como “comandante máximo” do esquema de corrupção da Petrobras, parlamentares petistas deixaram os gabinetes “mordidos”.

Grita PT 2

O gaúcho Paulo Pimenta vociferou: “É a demonstração da perda de isenção do Ministério Público Federal que se assume agora como partido político.”

Grita PT 3

O senador Lindbergh Farias (PT-RJ) também engrossou o coro petista dos descontentes. “Como não ficar revoltado? Vamos mobilizar militância para denunciar esse golpe dentro e fora do Brasil. Não vamos deixar passar”, bradou o petista.

Cautela

Pisa em ovos o PSDB quando o assunto é Lava Jato. Com muitos integrantes do tucanato citados em delações de investigados pela operação, a tímida nota de sete linhas sobre a denúncia contra o ex-presidente Lula endossa o tom de cautela.

Nova estratégia

Com as restrições da lei eleitoral, as campanhas políticas recorrem às novas tecnologias para definir estratégias e conquistar eleitores. O sistema PAP Digital, ferramenta de coleta de informações, análise de dados e divulgação porta a porta, já interagiu com mais de 200 mil pessoas por todo Brasil. Destas, 125 mil foram só no estado do Rio.

Vida e Arte

Uma fonte do Sergipe que acompanha o elenco revela que o ator Domingos Montagner gravou ontem a cena da morte de seu personagem. Uma hora antes de o rio São Francisco levar sua alma para valer.

Ponto Final

No dia em que o Brasil perdeu um grande ator, ganhou outro: Lula da Silva.

Últimas de Brasil