Sessão do projeto Escola Sem Partido é cancelada

Somente três integrantes marcaram presença na Câmara dos Deputados

Por O Dia

Brasília - A reunião da comissão especial da Câmara dos Deputados criada para analisar o projeto Escola Sem Partido foi cancelada nesta segunda-feira por falta de quórum. Dos 22 integrantes, somente três marcaram presença.

O objetivo da reunião era escolher o relator da proposta. Extremamente polêmico, o projeto tem como intuito proibir a “doutrinação ideológica” nas escolas. O motivo alegado para o cancelamento foi a votação da PEC do teto de gastos no plenário da Câmara, assunto priorizado pelos parlamentares.

De acordo com o presidente do colegiado, Marcos Rogério (DEM-RO), não há data para um novo encontro. Já o deputado Jean Wyllys (Psol-RJ) sugere a criação do programa “Escola Livre”, para promover liberdade de manifestação do pensamento, o combate ao preconceito e à exclusão social.

Últimas de Brasil