Vestido com estampa de escravos causa polêmica nas redes sociais

Cliente publicou foto criticando a roupa, da marca Maria Filó. Loja prometeu retirar a peça de comercialização

Por O Dia

Rio - Um vestido com estampa de escravos está causando polêmica nas redes sociais. A roupa, da marca Maria Filó, apresenta desenhos com negros servindo pessoas brancas, em alusão à época da escravidão.

O vestido da marca Maria Filó%2C com estampas de escravo%2C causou polêmica nas redes sociaisReprodução/Facebook

A repercussão começou após uma publicação da consumidora Tâmara Isaac no Facebook. De acordo com a postagem, Tâmara se dirigiu a uma loja da marca, em Niterói, onde teria sido mal atendida. "Até aí, nenhuma novidade, só mais um dia normal na vida de um negro". Mas a revolta maior foi quando a cliente viu o vestido, com desenhos de escravas entre palmeiras e com um filho nas costas servindo uma mulher branca. "Perguntei à vendedora se aquela estampa tinha alguma razão de ser ou se era só uma estampa racista mesmo", conta a internauta na publicação.

A postagem ganhou as redes sociais, com mais de 6 mil curtidas, mais de 700 compartilhamentos e quase mil comentários.

Na página da marca, há dezenas de usuários pedindo a retirada da roupa. Em um comentário, a Maria Filó respondeu tratar-se de uma homenagem ao artista Debret, e que irá suspender a venda do vestido. "Gostaríamos de fazer um esclarecimento. A estampa em questão buscou inspiração na obra de Debret. Em nenhum momento tivemos a intenção de ofender. Pedimos sinceras desculpas e informamos que já estamos tomando as devidas providências para que a estampa seja retirada das lojas"

Últimas de Brasil