Coluna Esplanada: CPI Rouanet será guerra entre Governo e o PT

Na pauta, a investigação sobre uso do dinheiro público através de incentivos fiscais para arte, peças de teatro, filmes, exposições

Por O Dia

Rio - A recém-instalada CPI da Lei Rouanet será uma guerra entre Governo e o PT. O deputado Sóstenes (DEM-RJ) quer convocar o ator José de Abreu, que mora em Paris, defensor de Lula e Dilma. No contra-ataque, a deputada Jandira Feghali (PCdoB-RJ) apresentou requerimento para convocar Bia Dória, artista plástica esposa do tucano João Dória Jr, prefeito eleito de São Paulo. Na pauta, a investigação sobre uso do dinheiro público através de incentivos fiscais para arte, peças de teatro, filmes, exposições.

A fila

Estão na lista para convocação o ministro da Cultura, Marcelo Calero, o ex-presidente Fernando Henrique, e os cantores Gilberto Gil e Chico Buarque.

Pra todo gosto

Outros alvos iniciais serão patrocinadores como Petrobras e Boticário, e os beneficiários Circo de Soleil, Fundação Roberto Marinho, Rock in Rio e o ator Fábio Porchat.

Fala, doutor

O próprio Sérgio Paulo Rouanet será convidado a dar sua opinião sobre a farra de recursos mal utilizados, que motivou operação da Polícia Federal.

Dupla do gatilho

O comando da CPI dá o tom da guerra que vem por aí. Não há contrapeso. O presidente é Alberto Fraga (DEM) e o relator será o deputado Domingos Sávio (PSDB-MG)

Revelações sobre Japa

O delegado Leandro Daiello, diretor-geral da PF, numa rara aparição em palestra em Porto Alegre na sexta, fez revelações sobre Newton Ishii, o ‘Japonês da Federal’, famoso na escolta da Lava Jato. Disse que apareceu fila de mulheres em Curitiba propondo namoro ao policial. E até óculos de marca ofereceram para propaganda.

Navalha na carne

Daiello também frisou que a Polícia que nega ter corrupção interna está mentindo. Explicou que o combate à corrupção nas ruas passa prioritariamente pela limpeza interna. Ele palestrou para para policiais e autoridades.

Força, Sérgio

O deputado Sérgio Reis, que já venceu um câncer, se afastou novamente por quatro meses do cargo. Tomou posse o suplente Ricardo Bento, que já nomeou um segurança.

Sobre gasolinas

Curioso que no DF falta combustível para ambulâncias – uma delas parada contribuiu para a morte de paciente – mas não os tanques das viaturas do Detran andam cheios.

Castelo de cartas

O PSDB do DF se reúne amanhã para decidir se mantém apoio ou debanda da base do governador Rollemberg (PSB). O governo, que herdou a gestão quebrada de Agnelo Queiroz (PT), também desandou.

Batalha do coldre

Há três disputas internas pelo comando da Polícia Federal. A ADPF, associação dos delegados, luta para fazer diretora-geral Érika Malena, da Lava Jato. O ministro da Justiça, Alexandre de Moraes, quer Disney Rosseti, superintendente em São Paulo; e o atual DG Leandro Daiello quer ficar – ou no pior dos cenários indicar Luiz Pontel.

Faro..

Crédito ao deputado Jean Wyllys (PSOL-RJ) que noticiou, em primeira mão em uma rede social, o encontro do trio Fernando Henrique Cardoso, Michel Temer e Gilmar Mendes, no Palácio do Jaburu, em Brasília.

..e furo

Wyllys, que é jornalista e preferiu noticiar ao passar para imprensa, escreveu: “Qual é o motivo para que um ministro do Supremo se reúna em secreto com o presidente ilegítimo e um dos líderes do PSDB?”. Mas detalhe, Temer não é ilegítimo.

Ponto Final

Avança na CCJ da Câmara o PL 1202/07, que regulamenta o lobby na política, com “atuação dos grupos de pressão ou de interesse”. O deputado Valmir Prascidelli (PT-SP) apresentou voto em separado.