'Sou um homem livre', diz Joaquim Barbosa sobre candidatura

Ex-presidente do STF não descarta concorrer à Presidência da República em 2018

Por gabriela.mattos

Joaquim Barbosa voltou a criticar o processo de impeachment de DilmaABr

Brasília - O ex-presidente do Supremo Tribunal Federal (STF) Joaquim Barbosa não descarta a possibilidade de disputar a Presidência da República em 2018. “Sou um homem livre, muito livre”, declarou Barbosa. O ministro participou ontem, no Supremo, de uma homenagem ao ex-ministro da Corte Cezar Peluso.

Barbosa comparou a eleição do presidente Donald Trump, nos Estados Unidos, com o cenário político brasileiro, que considera estar mais conservador. O ex-ministro do Supremo também voltou a criticar o processo de impeachment da presidente cassada Dilma Rousseff e disse que o País “voltará a ter paz em 2018” com a eleição de um novo presidente da República.

“A situação (nos EUA) é muito parecida com a que se instalou no plano político brasileiro após o impeachment, com a diferença de que lá a coisa se deu pelas urnas, aqui ocorreu por um processo controverso, contestado por uma boa parcela da população”, afirmou. “Mas a democracia tem esse poder regenerador. Nós teremos paz em 2018 com a eleição de um novo presidente da República, que está no centro de todas as instituições”, avaliou Barbosa.

Ele disse que o sistema eleitoral americano é complexo e pode provocar muitas surpresas. “É um choque para o sistema de aliança que foi montado no mundo ocidental principalmente após a Segunda Guerra Mundial.”

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia