Rio Grande do Norte tem noite de ataques na capital e no interior

Além de madrugada de terror, nova rebelião, agora na Penitenciária do Seridó, assusta estado

Por O Dia

Rio Grande do Norte - Os ataques realizado por criminosos chegaram a três cidades do interior do Rio Grande do Norte durante a madrugada desta quinta-feira. Depois de incendiarem 11 ônibus e um carro do governo na capital potiguar durante esta quarta-feira, atos foram cometidos em Macau, a 180 quilômetros de Natal, em João Câmara, a 95 km, e em Caicó, a 250 km - e onde acontece desde a noite de ontem uma rebelião na Penitenciária Estadual do Seridó. O motim não foi controlado até a manhã desta quinta-feira. Presos ainda ocupavam o teto de uma das alas do presídio.

Em João Câmara e Macau, ônibus de linhas municipal e intermunicipal foram abordados, esvaziados e incendiados. Em Caicó, três carros da Secretaria Municipal de Saúde e um ônibus foram consumidos pelo fogo a partir da ação dos criminosos. Ninguém foi preso até a manhã desta quinta.

Os crimes estariam ligados à transferência realizada nesta quarta-feira de 220 presos membros do Sindicato do Crime do RN (SDC) de Alcaçuz, em Nísia Floresta, para a Penitenciária Estadual de Parnamirim, ambas na Grande Natal.

A facção prometeu reagir à mudança com atentados nas ruas aos moldes do que já havia realizado entre julho e agosto do ano passado, quando 108 ataques aconteceram em 38 cidades.

Nesta quarta-feira, o secretário de segurança pública, Caio César Bezerra havia informado que apura a ligação dos incêndios com a transferência de membros da facção e disse que a polícia busca os bandidos.

Últimas de Brasil