Renan nega ter indicado novo ministro para o Supremo

A nota afirma que o presidente do Senado não interfere nem opina sobre a indicação de ministros do STF

Por O Dia

Brasília - O presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), divulgou nota em que nega ter feito qualquer indicação para a substituição do ministro Teori Zavascki no Supremo Tribunal Federal (STF).

A nota afirma que o presidente do Senado não interfere nem opina sobre a indicação de ministros do STF, o que é uma "competência exclusiva do presidente da República".

"O Senado Federal tem a exata compreensão de seu papel nesse processo, que é o de sabatinar e apreciar o nome escolhido pelo presidente da República", diz o texto. Renan afirmou ainda que quaisquer insinuações nesse sentido não passam de "especulações inverídicas".

Últimas de Brasil