Corpo de Dona Marisa será velado no Sindicato dos Metalúrgicos, no ABC Paulista

Família ainda não divulgou o horário da cerimônia

Por O Dia

São Paulo - O corpo da ex-primeira-dama Marisa Letícia Lula da Silva, de 66 anos, que teve morte cerebral declarada na manhã desta quinta, será velado no Sindicato dos Metalúrgicos do ABC, em São Bernardo do Campo, na Grande São Paulo. Ainda não se sabe qual o horário de início da cerimônia.

Marisa Letícia foi internada na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital Sírio-Libanês do dia 24 deste mês, depois de sofrer um acidente vascular cerebral (AVC) hemorrágico.

Segundo boletim médico divulgado pelo hospital, na manhã desta quinta, foi realizado um doopler transcraniano que identificou a ausência de fluxo cerebral na paciente. O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva informou, em sua página no Facebook, que a família autorizou os procedimentos preparativos para a doação dos órgãos.

Dona Marisa foi acompanhada pelas equipes coordenadas pelos médicos Roberto Kalil Filho, Milberto Scaff, Marcos Stávale e José Guilherme Caldas.

Últimas de Brasil