Coluna Esplanada: STF fará mutirão em março para casos sobre mulheres

Agenda de julgamentos será de casos que envolvam os direitos femininos e em defesa da mulher

Por O Dia

Brasília -Março, considerado no calendário do Poder o mês das mulheres, não passará batido no cronograma da mulher que preside o Supremo Tribunal Federal, ministra Cármen Lúcia.

Há uma força-tarefa nos gabinetes dos ministros, a seu pedido, para uma agenda de julgamentos de casos que envolvam os direitos femininos e em defesa da mulher.

Só, somente só

Não é só a saúde. José Serra ficou isolado no Itamaraty. Mexeu num vespeiro e remanejou muita gente de embaixadas – além de demissões. O clubinho ficou brabo.

Prova digital

O Ministério da Educação estuda possibilidade de aplicar apenas prova digital no Enem como medida para reduzir custo. Atinge em cheio a fatura dos Correios.

A escolhida

Maria Helena Guimarães de Castro, secretária executiva do MEC, é preparada para suceder Mendonça Filho em maio de 2018. Sairá candidato ao Governo de Pernambuco

Foragido de luxo

Jorge Luz, alvo da Polícia Federal na Lava Jato ontem e considerado foragido, é um dos primeiros lobistas que ficaram ricos na misteriosa relação com o comando da Petrobras. Abriu muitas portas para mandatários na estatal. Tinha até vaga da diretoria na sede para sua Mercedes MI 350. Foi a primeira Mercedes da categoria na Barra da Tijuca.

Lista extensa

A PF monitora familiares de Luz. Ele transitava com desenvoltura pelo Poder. A filha é casada com o filho do ex-senador Ney Suassuna. Virou amigo de Jader Barbalho pelas mãos do ator Lúcio Mauro, primo do senador. Foi Luz quem apresentou Ariadne Carvalho a Jair Coelho, seu ex-marido e saudoso rei das Quentinhas.

De quem sabe

O presidente do Senado, Eunício Oliveira, tem visão mais realista que aliados do Governo de Michel Temer no Congresso: “Nada sai daqui como entra”, tem repetido ao prever mudanças nos textos das reformas da Previdência e Trabalhista.

Febre no Pará

A febre amarela chegou ao Pará. Um exame do Instituto Evandro Chagas constatou que um macaco encontrado morto em Rurópolis deu diagnóstico positivo.

Cotados

A bancada do PMDB se reúne logo após o Carnaval para decidir se o Conselho de Ética do Senado fica com Raimundo Lira (PB) ou Simone Tebet (MS), a favorita.

Cabo de guerra

O relator da reforma da Previdência, Arthur Maia (PPS-BA), garante que não vai ceder “às pressões interna e externa” e mantém para o dia 16 de março a apresentação do parecer na comissão especial da Câmara.

Pressão sindical

Sindicalistas querem que o presidente Casa, Rodrigo Maia (DEM-RJ), intervenha para adiar a conclusão do relatório; ao que o democrata tem repetido que não “interfere nos trabalhos da comissão.”

Convidativo...

A ofensiva do chefe da Casa Civil de Temer tem chamado a atenção dos organizadores de eventos Brasil adentro e até no exterior. Eliseu Padilha telefona para os cerimoniais e diz que vai participar dos eventos para os quais o presidente é convidado. Só não topou ainda posse de síndico porque não surgiu oportunidade.

...e centralizador

Padilha, repararam os que o visitaram no gabinete, reserva das duas primeiras horas do

dia para ler o Diário Oficial e saber se os indicados foram nomeados. Tudo passa por ele

Reforma (de gabinete)

Na reforma que pediu, Renan Calheiros mandou derrubar as divisórias de aço e vidro na iderança do PMDB, mas ainda prioriza a privacidade.

Contribuição sindical

O Ministério do Trabalho esclarece que a cobrança de contribuição sindical dos servidores públicos é prevista em instrução normativa publicada em 2008. “Com base na instrução, vários estados e municípios já recolhem a contribuição, equivalente a um dia de salário. Em fevereiro deste ano, o ministério apenas reeditou a portaria, que já vigorava há quase nove anos”.

Ponto Final

Piada pronta – ex-diretor do FMI Rodrigo Rato condenado a prisão por fraude com cartão de crédito corporativo. Está no DNA (ou no RG).

Coluna de Leandro Mazzini

Últimas de Brasil