Coluna Esplanada: Cavendish quer contar como 'comprou um partido' para Cunha

Foram alguns milhões de reais para que a legenda, de porte mediano fechasse apoio a Cunha na eleição para presidente da Câmara

Por O Dia

Rio - O empreiteiro e ex-dono da Delta Fernando Cavendish, em sua delação que negocia com o Ministério Público Federal no Rio, indicou que pretende dar detalhes de como “comprou um partido” para Eduardo Cunha. Foram alguns milhões de reais para que a legenda, de porte mediano – com mandatários na Câmara e até Senado – fechasse apoio a Cunha na eleição para presidente da Câmara e o mantivesse em votações importantes. Tem presidente de partido sem dormir no Rio de Janeiro.

‘Dirceu’ tucano

Delações da Odebrecht revelarão que PSDB, que tanto atacou o PT, tem seu José
Dirceu. É senador que comandou maracutaias da legenda e recebeu caixa 2 para colegas

Janet

O Procurador Geral da República, Rodrigo Janot, ganhou apelido de ‘Janet’ entre os congressistas – muitos deles enrolados – porque ‘tem cara de tia velha’.

Fé na cela

Luiz Argôlo, o ex-deputado federal baiano, é chamado de Rezador na carceragem em Curitiba. Tudo é motivo para conclamar os colegas – e até agentes – a orarem.

Petrocrise

O clima é tenso entre os acionistas da Petrobras e o impasse pode parar na Comissão de Valores Mobiliários. Já há investidor questionando a não distribuição de dividendos e até um deputado federal acionista pretende lançar mão da lei 6.404, a lei das S.A., que prevê a inclusão de representantes das ações preferenciais no conselho com direito a voto. É o que prevê a lei para o caso da estatal após três anos seguidos sem dividendos.

Cadê, APO?

O Governo herdou um pepino para resolver. É a Autoridade Pública Olímpica (APO), cuja direção e estrutura foram transferidos do Rio para Brasília. Mas desde dezembro, como era previsto, a APO não divulgou quanto custou a Olimpíada do Rio.

Fim da linha

O presidente da APO, Marcelo Pedroso, está morando em Brasília, mas a APO manteve o apartamento funcional na Av. Atlântica, e ele recebe auxílio moradia na capital federal. A APO será extinta no D.O. na sexta-feira sem divulgar o dever de casa.

LJ, 3 anos

Do presidente da Associação dos Delegados de PF, Carlos Sobral: “A Lava Jato era da PF e perdemos (o protagonismo) para o MP, porque o MP deu mais apoio e recursos”

Oi, ministro

Aliás, há uma agenda em breve dos delegados federais com o ministro da Justiça,
Osmar Serraglio. A ADPF pede escolha de novo diretor da PF via lista tríplice.

Caiapó$

Uma tribo Caiapó do Norte do Mato Grosso vai ganhar R$ 4 milhões da Gol por
indenização espiritual. A pergunta é como os índios vão usar o dinheiro para auxiliar as almas das vítimas da tragédia que dizem estar assombrando o lugar.

Felicidade é 4x4

O caso lembra um revelado em 2015 pela Coluna: o de um cacique que teve o filho
assassinado na aldeia por funcionário da Funai (também índio). A esposa morreu de depressão. Em carta à Funai, o cacique alertou que também sucumbiria, e só uma coisa poderia salvá-lo: queria ganhar uma picape Hilux 4x4 zero km.

Bispos na Reforma

Após várias entidades classistas reclamarem, até a igreja entrou na briga. A Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) soltou nota na qual mostra “apreensão” com a reforma da Previdência. Admite que o sistema precisa ser avaliado, mas lembra que a Previdência é um direito social do povo, e não pode ser ameaçado.

Na mira

Eduardo Guimarães, conduzido pela PF, é do PCdoB, disputou para vereador e perdeu, e no blog escreve com fígado partidário, onde também ataca repórteres. Não é jornalista.

Corrida

A ADPF do Rio de Janeiro vai promover dia 7 de maio a 1ª Corrida Contra a
Corrupção. Inscrições no corridacontracorrupcaorj.com.br;

Ponto Final

“São 12 milhões de brasileiros na terceirização e essa aprovação oferece um marco seguro a esses trabalhadores”

Do ex-presidente da CNI, hoje senador Armando Monteiro (PTB-PE), celebrando a
aprovação pela Câmara do projeto que libera a terceirização irrestrita.

Coluna de Leandro Mazzini

Últimas de Brasil