Esplanada: TCU promove pente-fino nas operações do BNDES

Tribunal apontou, por exemplo, que o banco utilizou critérios falhos e inconsistentes para apoiar financeiramente o Grupo JBS na aquisição da empresa norte-americana Swift

Por O Dia

Brasília - O Tribunal de Contas da União promove um pente-fino nas operações do BNDES dos últimos anos.

Em recentes decisões, o Tribunal apontou que o banco utilizou critérios falhos e inconsistentes para apoiar financeiramente o Grupo JBS na aquisição da empresa norte-americana Swift; detectou irregularidades nos repasses para a Fundação de Assistência e Previdência Social do BNDES (Fapes).

O TCU também aprovou a devolução de R$ 100 bilhões do Banco ao Tesouro Nacional. 

Vergonha

Enquanto isso, a CCJ do Senado ignora projeto que pede o fim do sigilo bancário nas operações do BNDES.

Duque & Sete

A Coluna cantou a bola. Ex-diretor da Petrobras, Renato Duque iniciou seus depoimentos em delação ao juiz Moro falando dos supostos esquemas da Sete Brasil.

O retorno

O ex-senador boliviano Roger Molina, asilado no Brasil, quer voltar para La Paz em 2018. Tem projeto político na oposição a Evo Morales, revelou à e-webtv da Coluna.

O filme

Molina, que teve uma fuga espetacular auxiliado pelo hoje chefe de gabinete do Itamaraty, Eduardo Saboia, pensa numa biografia e documentário sobre os bastidores.

Faltam cinco

O chefe da Casa Civil, Eliseu Padilha, atualizou a planilha de votos para a reforma da Previdência na Câmara. A última sondagem, concluída sexta, somou o apoio “fechado” de 303 deputados – cinco a menos que o necessário para a aprovação do texto.

Vai rodar

O presidente Temer e o líder do Governo no Senado, Romero Jucá (PMDB-RR), tiveram encontros com senadores do PMDB para avaliar a situação do líder da bancada, Renan Calheiros (AL). A posição é de que a permanência dele ficou “insustentável”.

Rebelião

A deputada Alice Portugal (PCdoB-BA) apresentou na Câmara um Projeto de Decreto Legislativo que suspende a Portaria 577, do Ministério da Educação, que excluiu entidades ligadas aos governos petistas do Fórum Nacional de Educação.

Argumentos

A Coluna antecipou o caso. “O MEC, com essa medida, dissolve a composição do FNE e interdita o diálogo com a sociedade civil”, justifica a deputada.

Revolução comunista

Soldados cubanos foram vistos desembarcando de uma fragata num porto do litoral Norte da Venezuela, informam fontes da Coluna, que enviaram fotos.

Do contra

Renan Calheiros faz jus ao lema “Hay gobierno, soy contra”. Hoje ardoroso crítico das reformas de Temer, o peemedebista fez um pronunciamento na TV, em julho de 2015, no qual endureceu as críticas ao ajuste fiscal do Governo da presidente Dilma.

Beligerância...

A um mês do congresso nacional que vai eleger a nova cúpula do PT, as divergências se intensificam. Os deputados estaduais Carlos Neder e João Rillo, de São Paulo, que integram o “campo progressista”, dão o tom da beligerância nas hostes do partido.

...nas entranhas

“Chega de fraudes; chega de maiorias fabricadas em urnas engravidadas, urnas sequestradas e violadas. Chega de listas alteradas, fraudadas e assombradas pelos mortos votantes. Quem usa morto para ganhar uma eleição interna usurpa a história de luta de todos nós”.

Choradeira

Overbooking no estádio. O presidente do Flamengo teve de recusar pedidos de ingressos de políticos para cortesia nos camarotes do Maracanã. Justifica que a Federação de Futebol é quem controla os ingressos da final Fla x Flu

Ponto Final

Lula da Silva fez uma reforma paliativa da Previdência em 2004, e Temer faz a paliativa 2.0 este ano. De novo, reforma meia-boca. Sobrou para um próximo.

Coluna de Leandro Mazzini

Últimas de Brasil