Retirada de idade mínima para integralidade do servidor antigo é rejeitada

Esse é oitavo destaque apreciado pela comissão. Faltam dois outros destaques para conclusão da votação

Por O Dia

Brasília - A comissão especial da Câmara que analisa reforma da Previdência rejeitou por 22 votos a favor e 14 contrários destaque do PSB que retirava a necessidade de idade mínima (65 para homens e 62 para mulheres) para que os servidores que ingressaram no serviço público antes de 2003 obtenham integralidade dos benefícios.

Esse é oitavo destaque apreciado pela comissão. Faltam dois outros destaques para conclusão da votação, que já dura mais de sete horas.

O vice-líder do DEM, deputado Pauderney Avelino (AM), adiantou que as lideranças do governo estão construindo uma solução para as regras dessas servidores para ser votada no plenário da Câmara

Últimas de Brasil