Temer quer eliminar ‘certa raivosidade’

'Brasileiros estão começando a ficar otimistas’

Por O Dia

Brasília - O presidente Michel Temer disse, nesta quarta-feira, que o país precisa “eliminar uma certa raivosidade”, ter “tranquilidade” para ser pacificado e resgatar a “cordialidade”. Segundo ele, “nada vai impedir que o Brasil continue a trabalhar”.

Nesse sentido, segundo o presidente, as medidas adotadas com o objetivo de melhorar a economia e gerar empregos o ajudarão no processo de pacificação do país.

“É preciso eliminar uma certa raivosidade que muitas vezes permeia a consciência nacional. Precisamos ter paz, tranquilidade e saber que nada vai impedir que o Brasil continue a trabalhar”, disse Temer, durante cerimônia no Palácio do Planalto.

“A regra geral, conhecida nacional e internacionalmente, é, exata e precisamente, a cordialidade entre os brasileiros. É claro que há disputas as mais variadas. Mas jamais as agressões de natureza verbal e muito menos de natureza física”, disse o presidente.

Segundo Temer, a melhora na economia do país, estimulada entre outros fatores pela liberação das contas inativas do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS), pode colaborar para essa pacificação. “O setor de varejo cresceu muito neste último mês, algo que tem sido atribuído à liberação das contas inativadas do FGTS”, disse. “Por isso, acho até, convenhamos, que os brasileiros estão começando a ficar otimistas”. 

Últimas de Brasil