Delação da JBS não cita nome de filho de Sergio Cabral

Deputado Marco Antônio Cabral afirma que vídeos de delação comprovam que ele não foi citado

Por O Dia

Rio - O deputado federal Marco Antônio Cabral (PMDB-RJ), filho do governador Sérgio Cabral, não tem seu nome citado nas delações do dono do grupo JBS, Joesley Batista, e de Ricardo Saud, executivo do grupo. O blog do jornalista Lauro Jardim, que atencipou que a delação citava Marco Antônio Cabral, pediu desculpas pelo engano.

Diz o blog: "Marco Antônio Cabral enviou mensagem à coluna dizendo que nunca se reuniu com qualquer doador da sua campanha para solicitar recursos, tarefa essa que era exclusiva do seu pai, Sérgio Cabral. Segundo ele, sua única função era "ir para rua pedir votos". De fato, Sérgio Cabral está citado na delação da JBS. Mas seu filho, não. A coluna pede desculpas ao deputado e aos leitores pelo erro."

Nesta sexta-feira, após o Supremo Tribunal Federal (STF) liberar para imprensa os vídeos com as delações de Joesley Batista e Ricardo Saud, o deputado Marco Antônio Cabral repudiu as acusações por meio de nota.

"Com a divulgação do conteúdo da delação do senhor Joesley Batista e do senhor Ricardo Saud, do grupo JBS, constantei o que já tinha certeza: não há nenhuma citação ao meu nome. Reafirmo que jamais me reuni com Joesley Batista ou com qualquer executivo do grupo, que jamais recebi qualquer tipo de propina e nunca cometi nenhum ato ilícito na minha vida."


Últimas de Brasil