Informe do DIA: Planalto escolherá advogado para defender Michel Temer

Auxiliar de Temer ressalta que a ideia é 'não deixar nenhuma pergunta sem resposta'

Por O Dia

Rio - O Palácio do Planalto escolherá um advogado para defender publicamente Michel Temer (PMDB) das acusações que tem recebido. Ontem, o presidente e seus aliados avaliavam nomes para a tarefa. Entre eles, o de Grace Maria Fernandes Mendonça, advogada-geral da União. Um auxiliar de Temer ressalta que a ideia é “não deixar nenhuma pergunta sem resposta”.

Outra questão prioritária para o governo é evitar a debandada de ministros, deputados e senadores que integram a base. Todos os assessores palacianos tiveram as folgas suspensas e trabalharão normalmente neste fim de semana.

Resposta técnica

Palacianos dizem que a opção por um advogado, e não por um político, é para que a resposta seja técnica.

Sem chance

Em reunião com aliados, Temer disse que nunca cogitou renunciar.

Análise

Um experiente político do PMDB fluminense avalia que o fiel da balança será o PSDB. A debandada ou permanência dos tucanos será determinante para definir a governabilidade de Michel Temer.

Não perde tempo...

Numa roda de governistas na Câmara dos Deputados corria a tese de que o senador Renan Calheiros (PMDB-AL) já estaria criando uma articulação para colocar no poder o ministro da Fazenda, Henrique Meirelles.

Maia cauteloso

Políticos que, em busca de orientação, enviaram mensagem de WhatsApp ao presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), nos últimos dois dias, recebiam duas respostas: “Calma” e “Paciência”.

Críticas

Não pegou bem na Câmara Municipal a informação de que Luiz Orlando Cadorna (PTN), secretário de Saúde do ex-governador Brizola, é cotado para assumir a Secretaria de Relações Institucionais do prefeito Marcelo Crivella (PRB).

Argumentos

Os parlamentares, da base de Crivella, dizem que Cadorna não tem interlocução com a Câmara para fazer o diálogo entre a prefeitura e o Legislativo. E lembram que o Tribunal de Contas da União constatou superfaturamento em compra de material hospitalar feita por Cadorna à frente da Saúde.

Aumento do IPTU

Crivella fez reuniões com vereadores ontem, na sede da prefeitura, na Cidade Nova, para costurar a aprovação do aumento do IPTU na Câmara. Nenhum dos 10 vereadores do PMDB compareceu. E nenhum dos 4 do DEM.

Últimas de Brasil