Esplanada:  Ministro assume pasta para aplacar críticas de delegados da PF

Torquato Jardim vai manter, por ora, Leandro Daiello como diretor-geral da Polícia Federal

Por O Dia

Brasília - O novo ministro da Justiça, Torquato Jardim, assume a pasta com discurso conciliador para aplacar as críticas de delegados da Polícia Federal, uma das classes mais apoiada hoje pela população.

Assim como os antecessores – Osmar Serraglio, Alexandre de Moraes e José Eduardo Cardozo – Jardim vai manter, por ora, Leandro Daiello como diretor-geral da PF.

Nos três encontros com o presidente Michel Temer, repetiu a cantilena: “Não tenho restrição alguma à Lava Jato”. Mas o presidente não desistiu de nomear uma delegada próxima de sua equipe palaciana para o cargo.

Parceria

Nos últimos dois meses, Torquato teve parceria direta com a PF, que resultaram em duas operações recentes, no interior: Tarja Preta e Couraça. A interlocução vai bem.

Homem da mala

Vingança histórica de Osmar Serraglio contra Michel Temer, ao recusar ser ministro da Transparência. Jogou o seu suplente Rocha Loures aos leões de Curitiba.

Hein!?

Talvez o Congresso nunca tenha visto tanto paradoxo numa frase só. Será lançada hoje a ‘Frente Parlamentar Armas pela Vida’...

Stand by

As centrais sindicais preparam para a última semana de junho paralisação nacional. Esperam coincidir com a votação em segundo turno da PEC da Reforma da Previdência.

Em baixa

Veja como está o cenário no site de apostas Bumbet, que pergunta: ‘Quem deixará o cargo de presidente primeiro?’. Quem aposta em Michel Temer, ganha R$ 1,25 para cada real; Em Donald Trump, são R$ 3,75. Deu no Boletim de Notícias Lotéricas.

Baixou de vez

Quem despencou e parece com a carreira política rumo ao funeral, para os apostadores, é o senador Aécio Neves (PSDB-MG). A cotação dele está R$ 1 para R$ 51.

#autonomiadapf

Diretora da Associação dos Delegados de PF em SP e nova presidente do SindPF-SP, a delegada Tânia Prado solta: “Ausência de proteção constitucional permite interferências e coloca a PF em vulnerabilidade. Não é uma PF covarde que os brasileiros querem”.

Do coldre

Os delegados federais ainda não confiam no novo ministro da Justiça, Torquato Jardim, e apelam ao Congresso que aprove a PEC da autonomia institucional da PF.

Hotel de luxo

Após o Fasano confirmar mais um hotel de sua rede de luxo, na praia de Itapororoca, em Trancoso, é a rede Porto Belo de Angra quem planeja uma unidade no litoral baiano.

De quem é...

O Jurídico das centrais sindicais se reúnem para traçar a estratégia da batalha contra a ação que será ajuizada pela AGU, que cobrará os mais de R$ 2 milhões de prejuízos causados pelo quebra-quebra na Esplanada na quarta-feira, 24.

...a conta

A defesa das entidades – como CUT, UGT e Força Sindical – já reuniu imagens e um dossiê de reportagens que mostram a ação isolada dos black blocs, e não sindicalistas, distante dos trios elétricos e pontos de concentração sindicais do protesto.

Made in China

Na contramão de investidores internacionais que refluíram após a crise causada pelo escândalo JBS, os chineses decidiram apostar no Brasil. Por meio do Fundo Brasil-China, serão investidos US$ 20 bilhões em infraestrutura a partir de junho.

Controle

O dinheiro será usado para financiar “projetos de tecnologia, serviços digitais e indústria”. Está prevista a criação de um grupo técnico de trabalho com representantes do Ministério da Fazenda e da Presidência, e também por três chineses da embaixada.

Ponto Final

Nunca uma frase foi tão profética como a repetida pelo juiz Sérgio Moro, em palestras, para o sucesso da Lava Jato: “Follow the money” (Siga o dinheiro). Vale para a mala 'chipada' do preposto de Temer, Rocha Loures.

Coluna de Leandro Mazzini, com Walmor Parente (DF), Tadeu Pinto (DF), Beth Paiva (RJ) e Henrique Barbosa (PE)

Últimas de Brasil