Fabricante do suco Sufresh é proibida de vender produtos

Secretaria de Fazenda de São Paulo apurou que grupo Wow Nutrition tem débito de quase R$ 90 milhões em impostos e tributos

Por O Dia

São Paulo - A Secretaria da Fazenda de São Paulo suspendeu a comercialização de bebidas e alimentos da Wow Nutrition, empresa fabricante do suco Sufresh. A operação Doce Alerta, deflagrada nesta quinta-feira, descobriu a movimentação fiscal da companhia, cuja fica em Caçapava, interior do estado.

Wow Nutrition%2C fabricante dos sucos Sufresh%2C teve a comercialização dos produtos suspensa pela Secretaria de Fazenda de São PauloReprodução/Site

Segundo a Secretaria da Fazenda, a Wow possui duas inscrições estaduais ativas com R$ 89 milhões em débitos declarados de ICMS, por substituição tributária, inscritos em dívida ativa. A pasta vem apurando que desde 2014, a empresa apresenta é inadimplente, descumprindo as obrigações tributárias e o recolhimento dos impostos.

Em sua defesa, a WOW Nutrition diz que reconhece que há débitos e créditos com a Receita estadual paulista, mas alegou que é credora. Segundo a companhia, a empresa possui crédito superior a R$ 100 milhões, valor maior que a dívida alegada pelo órgão. A WOW afirma que solicitou um reprocessamento de débitos e créditos estaduais, referente aos exercícios de 2014 e 2015.

Após a operação, a empresa foi proibida de emitir notas fiscais em março de 2016, mas passou a discutir judicialmente obtendo liminar para funcionamento. Mas após manifestação da Procuradoria Geral do Estado, a Justiça decidiu contra a Wow e a emissão de novas notas fiscais foi novamente proibida nesta quinta-feira.

A WOW afirmou que sua fábrica continua operando normalmente e que aguarda uma solução para voltar a emitir notas fiscais.

Últimas de Brasil