Mais Lidas

'Greve geral': manifestantes realizam protestos em diversas cidades do Brasil

Reformas trabalhista e da previdência são os principais alvos de protesto

Por rodrigo.sampaio

Rio - A manhã desta sexta-feria foi marcada por diversas manifestaçãoes da "greve geral" pelo Brasil em protesto contra as reformas trabalhistas e da Previdência. Rodovias e avenidas foram bloqueadas em diversos pontos do país. Funcionários da educação, segurança e saúde também aderiram a paralisação nas principais capitais. 

Em São Paulo, manifestantes bloquearam o trânsito perto de Congonhas, na zona sul da cidade. Eles estão no saguão do aeroporto. Em Guarulhos, um grupo está na Rodovia Hélio Smidt, mas bloqueia apenas uma faixa. O trânsito é lento no acesso ao Aeroporto de Cumbica. Apesar dos protestos, os voos não são afetados, conforme a Infraero. 

Manifestantes fecharam acesso ao Aeroporto Internacional de Guarulhos%2C em São PauloReprodução Twitter

Brasília

Metrô e parte dos ônibus não funcionam em Brasília, onde começa manifestação contra o governo na Esplanada dos Ministérios. Cerca de 2.600 homens da Polícia Militar e 400 da Guarda Nacional estão no local. O policiamento também foi reforçado na Praça dos três Poderes. 

A greve convocada pelas centrais sindicais contra o governo mudou também a rotina e o funcionamento da região da rodoviária, no ponto central da cidade. Sem metrô e ônibus, os brasilienses estão pagando um preço alto para chegar nesta manhã à região central de Brasília.

A greve marcada pelas centrais sindicais contra o governo conta com a adesão de metroviários, rodoviários, bancários e professores. Os donos de vans piratas tentam lucrar.

Porto Alegre

Em Porto Alegre, o transporte público voltou a operar normalmente, segundo a Empresa Pública de Transportes e Circulação (EPTC). Houve paralisação apenas no início do dia dos trens da Trensurb e parte dos ônibus, devido ao bloqueio de garagens por protesto. A Brigada Militar usou bombas de gás lacrimogêneo para liberar a saída dos coletivos. 

Recife

A BR 428, em Petrolina, interior do Recife, está interditada no quilômetro 180. A BR 408, em Paudalho, bloqueada nos dois sentidos, próximo a Guadalajara. Em Prazeres, na BR 101, o bloqueio está localizado no quilômetro 80, sentido Cabo de Santo Agostinho e em Goiana.

Bancos, escolas e parte do comércio estão fechados. O sistema de transporte público (ônibus e metrô) está funcionando, mas com a frota reduzida. Na capital pernambucana, o protesto geral tem concentração marcada para as 15h na Praça do Derby, com ato seguido de caminhada. 

Belo Horizonte

A greve geral também foi aderida pelos metroviários de Belo horizonte, que informaram que o metrô irá permanecer fechada até 11h59 desta sexta, apesar da Justiça ter determinado pelo menos 80% dos trens funcionando. 

Salvador

Na capital baiana, rodoviários pararam em fila colocando os ônibus em fila na Avenida ACM, um dos principais pontos da cidade. os passageiros desceram dos veículos e seguiram a pé. Membros da Central Única dos Trabalhadores, Central Geral dos Trabalhadores, sindicatos dos servidores da AFBA. 

Com informações da Agência Estado

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia