Senado: Martha e Bolsonaro lideram

Pesquisa aponta outros nomes, como Bernadinho, para as duas vagas do Estado do Rio em 2018

Por O Dia

Rio - A deputada estadual Delegada Martha Rocha (PDT) e o vereador Carlos Bolsonaro (PSC) estão à frente na disputa para o Senado nas eleições marcadas para o ano que vem. Os eleitores do Estado do Rio escolherão em 2018 dois nomes para suceder Eduardo Lopes (PRB) e Lindbergh Farias (PT). Os resultados estão na pesquisa do Instituto Paraná Pesquisas, encomendada pelo DIA, e realizada de 6 a 10 de julho.

Martha foi citada na pesquisa estimulada, na qual os eleitores poderiam citar dois nomes, por 26,7% dos entrevistados. Bolsonaro teve menções de 23,3%. Outros dois prováveis candidatos dividem a terceira colocação na pesquisa. O ex-técnico da Seleção Brasileira de vôlei, Bernardinho, que se filiou em abril ao Partido Novo, foi citado por 15,5% dos eleitores, mesmo índice do deputado federal Alessandro Molon (Rede). Cesar Maia (DEM) alcançou índice de 13% e Chico Alencar (PSol), 10%.

Lindbergh Farias (PT), que hoje ocupa uma das três vagas do Estado do Rio no Senado, não deve se candidatar à reeleição, preferindo tentar uma vaga na Câmara dos Deputados. O PT deverá lançar o ex-prefeito de Maricá, Washington Quaquá, que atualmente preside o partido no estado e alcançou 4,3% da preferência dos pesquisados.

Já Eduardo Lopes (PRB), que herdou a vaga do prefeito do Rio, Marcelo Crivella, foi lembrado por 3,5% dos eleitores. Ambos ficaram atrás do deputado federal Leonardo Picciani (7,2%).

Bolsonaro, que é filho do deputado federal Jair Bolsonaro (PSC) e foi o candidato a vereador mais votado no minicípio do Rio em 2016, é o preferido do público masculino (30,8%, contra 24,4% de Martha). A Delegada, que foi a primeira mulher a chefiar a Polícia Civil do Estado, lidera entre o público feminino (28,6%, contra 17,2%). O Paraná Pesquisas entrevistou 2.020 eleitores em 43 municípios. A amostra tem grau de confiança de 95% e margem de erro de, aproximadamente, 2%. 

Últimas de Brasil