Homem mata esposa e filha logo após receber homenagem de dia dos pais

Crime chocante aconteceu na pequena Guaraci, cidade do interior de São Paulo com 10 mil habitantes

Por O Dia

A jovem postou uma homenagem ao pai no Facebook pouco antes do crimeReprodução/Facebook

São Paulo - Um dia dos pais marcado por uma tragédia chocou a pequena Guaraci, município do interior de São Paulo com apenas 10 mil habitantes. Ronaldo da Silva Corrêa, de 49 anos, matou a filha adolescente, a esposa e se matou, neste domingo. Ele era agente penitenciário e havia sido vereador da cidade na década de 90.

De acordo com informações divulgadas pela TV Tem, Anna Victoria Corrêa, de 18 anos, havia publicado uma foto homenageando o pai em sua página no Facebook, pouco antes do crime ocorrer. A mãe dela, Rosicleia da Silva, de 46 anos, também foi morta por Ronaldo, que depois de assassinar as vítimas, atirou na própria cabeça. Anna e Rosicleia morreram na hora, mas Ronaldo chegou a ser socorrido em um hospital na região, porém, não resistiu ao ferimento.

O casal tem outro filho, um menino de 5 anos, que segundo testemunhas, presenciou o crime e correu para pedir ajuda. Ele não ficou ferido e ficará na casa de parentes enquanto espera a decisão da Justiça sobre quem ficará com a guarda da criança.

A polícia investiga o caso para saber o que motivou Ronaldo a cometer os homicídios e depois se matar.

Últimas de Brasil