Professora diz ter sido agredida por aluno após expulsá-lo da aula: 'Dilacerada'

Jovem de 15 anos teria desferido socos; rosto da docente ficou desfigurado

Por O Dia

Santa Catarina - Uma professora catarinense utilizou o Facebook para contar, nesta segunda-feira, a história de uma agressão que sofreu: Márcia Friggi, de Indaial, em Santa Catarina, afirma ter sido machucada por socos desferidos por um de seus alunos, um adolescente de 15 anos.

Segundo o relato, Marcia teria expulsado o jovem de sala após ele ter proferidos palavrões contra ela. Ao pedir que o estudante colocasse um livro sobre a mesa, ouviu que "ele colocava o livro onde bem quisesse". Após nova reprimenda, ele ofendeu a professora com um termo chulo e foi expulso. Ao chegarem na direção, o jovem deu socos no rosto de Márcia.

No texto, em tom de desabafo, a professora se disse “dilacerada por ter sido agredida fisicamente" e "por saber que não sou a única, talvez não seja a última”. Márcia critica a falta de amparo do estado e da sociedade aos professores e ainda publicou mostra fotos onde aparece com o rosto sangrando e bastante machucado.

De acordo com o jornal Gazeta do Povo, o caso aconteceu no CEJA (Centro de Edução de Jovens e Adultos) do município, cujo responsável é a prefeitura de Indaial. A secretaria de Educação afirmou que está apurando o ocorrido.

Últimas de Brasil