Quatro suspeitos de assalto a banco são mortos em confronto na Paraíba

Quadrilha explodiu agência em Brejo do Cruz, mas não conseguiu fugir com o dinheiro

Por O Dia

Paraíba - Policiais militares da Paraíba e do Rio Grande do Norte mataram, neste domingo, quatro suspeitos de integrar uma quadrilha especializada em roubos a bancos. Segundo a PM paraibana, os investigados faziam parte do grupo de, pelo menos, 15 pessoas que, horas antes do confronto, tinha explodido uma agência bancária na cidade de Brejo do Cruz (PB) e fugido sem conseguir levar qualquer quantia em dinheiro.

As armas apreendidas com assaltantes que roubaram uma agência em Brejo do CruzReprodução/Catolé News

Perseguida por cerca de 90 quilômetros, a quadrilha chegou a queimar um dos carros usados na ação para tentar conter o avanço dos policiais. A rota de fuga dos criminosos foi indicada, anonimamente, por pessoas que testemunharam a passagem dos bandidos. O grupo foi cercado em uma fazenda, na zona rural entre os municípios de Janduí e Campo Grande, no oeste do Rio Grande do Norte.

De acordo com a corporação, o grupo reagiu à aproximação dos policiais e a troca de tiros durou cerca de 30 minutos. Os quatro bandidos baleados chegaram a ser socorridos pela própria PM, mas não resistiram e morreram. Um policial paraibano também foi ferido de raspão e foi levado ao hospital de Caicó (RN), onde permanece internado.

Com os criminosos, os policiais apreenderam três fuzis, entre eles um AK-47, três espingardas calibre 12, duas pistolas, vários explosivos e sete coletes à prova de balas.

Últimas de Brasil