Nova procuradora toma posse nesta segunda

Raquel Dodge assume a PGR no lugar de Rodrigo Janot

Por O Dia

Rio - Depois de um desgaste na relação entre Rodrigo Janot, no fim do mandato como procurador-geral da República, e o Supremo Tribunal Federal (STF), a expectativa na Corte é de que sua substituta, Raquel Dodge, titular da PGR a partir de hoje, foque no papel institucional do Ministério Público Federal, sem descuidar dos rumos da Operação Lava Jato. A forma como Janot conduziu o episódio do áudio do empresário Joesley Batista, dono da J&F, e Ricardo Saud, ex-executivo da holding, causou desconforto no STF.

Janot e Raquel%3A STF espera melhor relacionamento com a procuradoraAntonio Cruz / Agência Brasil

A posse será nesta segunda-feira, às 8 da manhã, no auditório do Ministério Público Federal em Brasília. Ela assume como procuradora-geral e presidente do Conselho Nacional do Ministério Público Federal.

Raquel Dodge foi a segunda colocada na lista tríplice em eleição interna da Associação Nacional dos Procuradores da República e é indicada pelo presidente Michel Temer. Ela teve o nome aprovado pelo plenário do Senado.

Ministros ouvidos pela agência Estadão Conteúdo elogiam o perfil da sucessora de Janot e dizem acreditar que vai atuar de forma firme e rigorosa, sem comprometer os desdobramentos da Lava Jato. Em sinal de deferência à Corte, Raquel fez questão de se encontrar com ministros antes da posse, apresentar a equipe e entregar convites da solenidade, que terá a presença de Michel Temer.