Sobe para 11 o número de mortos no ataque a creche em Janaúba

Mateus Felipe é a nona criança vítima do ataque

Por O Dia

Minas Gerais - Uma das crianças internadas desde o incêndio criminoso da creche Gente Inocente, em Minas Gerais, morreu na madrugada desta segunda-feira, 9. Mateus Felipe Rocha Santos, de cinco anos, era atendido no Hospital João XXIII, em Belo Horizonte. 

A informação foi confirmada pela Prefeitura da cidade de Janaúba, onde aconteceu a tragédia. Até então, o menino estava estabilizado em estado grave, segundo boletim médico.

Mateus é a 11ª vítima fatal - nona criança - do ataque do vigia Damião dos Santos, que também morreu ao incendiar a creche. Uma professora também morreu, com mais de 90% do corpo queimado, ao tentar resgatar os alunos.

Mais de 20 pessoas permanecem internadas, em hospitais de Janaúba, Montes Claros e Belo Horizonte.

Por volta das 9h de quinta-feira, 5, o vigilante Damião Soares dos Santos, de 50 anos, entrou na unidade, atirou material inflamável contra as crianças e no próprio corpo, e ateou fogo, que se alastrou rapidamente. Em meio ao tumulto, as pessoas tentavam apagar o incêndio com baldes de água e resgatar as vítimas das chamas e da fumaça.

Veja quem foram as vítimas

Crianças:

Juan Pablo Santos, 4 anos

Luiz Davi Rodrigues, 4 anos

Ruan Miguel Silva, 4 anos

Ana Clara Ferreira Silva, 4 anos

Renan Nicolas Silva, 4 anos

Cecília Davina Dias, 4 anos

Yasmin Medeiros Sabino, 4 anos

Thallyta Vitória de Oliveira Barros, 4 anos

Mateus Felipe Rocha Santos, 5 anos

Adultos:

Heley Abreu (professora), 43 anos

Damião dos Santos, 50 anos 

Com informações do Estadão Conteúdo

Últimas de Brasil