Fafá de Belém não participará da homenagem a Nossa Senhora de Aparecida

Em comunicado oficial, a cantora afirmou estar 'afônica'

Por O Dia

São Paulo - Fafá de Belém não poderá participar do evento em homenagem aos 300 anos da aparição de Nossa Senhora de Aparecida, nesta quinta-feira. Em comunicado oficial, a cantora afirmou estar "completamente afônica", o que impossibilita a sua ida à Basílica da padroeira do Brasil. 

Fafá de BelémDivulgação

Nos últimos dias, a artista esteve dedicada aos múltiplos eventos do Círio de Nazaré, em Belém. "Fafá recepcionou dezenas de convidados, participou de espetáculos comemorativos, sacros, e de todas as manifestações que estavam programadas. Tudo em função de sua conhecida devoção à Nossa Senhora. Infelizmente, o saldo de tamanho esforço e empenho resultou em uma fadiga vocal que a impedirá de cantar nos próximos dias", diz o comunicado. 

A cantora também afirmou que não faltarão oportunidades para homenagear a Padroeira do Brasil e que ficou "honradíssima" com a lembrança de seu nome. 

Santuário recebe 200 mil fiéis

O Santuário de Nossa Senhora Aparecida, no município de Aparecida (SP), recebeu aproximadamente 200 mil visitantes nesta quinta-feira, cerca de 30 mil pessoas a mais que a estimativa inicial. No ano passado, que caiu em uma terça-feira, foram recebidos 150 mil fiéis.

Muitos dos milhares de romeiros vieram de cidades próximas caminhando pelo acostamento da Dutra, que liga São Paulo ao Rio de Janeiro, mesmo com o forte calor. A temperatura média registrada na cidade é  32 graus. Mais de 380 mil atendimentos médicos foram realizados dentro do santuário, mas nenhum deles grave.

Celebrações

O Dia de Nossa Senhora da Aparecida será marcado por diversas celebrações no Rio. Desde as 8h desta quinta-feira, atividades acontecem para marcar os 300 anos da aparição da santa no Rio Paraíba do Sul, além de celebrar o Dia das Crianças e o aniversário do Cristo Redentor.

No Cristo Redentor, que faz hoje 86 anos de sua fundação, o arcebispo do Rio, o cardeal Dom Orani Tempesta, abençoou o monumento, fiéis e turistas que estiveram no Corcovado, por volta das 8h. O Cristo ganhou um bolo de três metros e a festa ficou por conta de uma banda de um colégio de Nova Iguaçu, que tocou marchinhas de carnaval.

Às 9h30 a comemoração seguiu para o Leme, na orla da Zona Sul, onde o padre Omar Raposo vai abençoar 17 imagens de Nossa Senhora Aparecida e presenteá-las para escolas de samba-mirins, que vão desfilar. Também será exibida a peça "Trenzinho Caipira", de Heitor Villa Lobos, além da apresentação do "samba da padroeira", lançado na véspera no alto do Corcovado.

Últimas de Brasil