Esplanada: Planalto prepara campanhas propositivas na mídia

Governo não quer ficar calado diante da propaganda petista que passa a imagem de 'caos' no País

Por O Dia

Brasília - O Palácio do Planalto prepara uma séria de campanhas propositivas na mídia assim que, esperam, a Câmara Federal derrubar a segunda denúncia da PGR contra o presidente Michel Temer. O Governo não quer ficar calado diante da propaganda petista que passa a imagem de ‘caos’ no País.

A Secretaria de Governo, do ministro Moreira Franco, levantou dados comparativos do fim da gestão de Dilma Rousseff, em maio de 2016, até agosto deste ano, para confrontar as informações. Entre elas, o recuo da inflação de 9,28% para os atuais 2,46%; a baixa dos juros (Selic) de 14,25% para 8,25%; o aumento da produção industrial, que saltou dos negativos 9,8% para 0,8% e a recuperação do PIB, que saltou de -5,4% em 2016 para 0,3% até dois meses atrás.

Via Caged

A despeito do desemprego ainda alto, outro dado da campanha é saldo dos postos de trabalho que saiu de - 448 mil (jan-mai 2016) para 103 mil (jan-julho de 2017).

Rebate

O Palácio agiu rápido na quinta-feira. Logo após o programa nacional de TV do PT, o marqueteiro Elsinho Mouco levou ao ar anúncio de liberação de benefício social.

Sem-teto

Já passam de 50 mil, nas estimativas de autoridades, os venezuelanos vivendo sem-teto ou precariamente na capital Boa Vista (RR) e em Pacaraima (RR), na fronteira.

Duelo...

A filiação no PSC do presidente do BNDES, Paulo Rabelo de Castro, aumentou a rivalidade entre ele e o ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, hoje no PSD. Eles já divergem nas doutrinas econômicas e agora terão a rivalidade política-partidária e eleitoral. Rabelo é potencial candidato do PSC à presidência em 2018.

...de titãs

Meirelles também já pensa em sua equipe de campanha para a disputa. Pesquisa recente inédita divulgada pela Coluna o mostra com alta rejeição – embora seja a mais baixa entre os presidenciáveis. O nome de Rabelo ainda não apareceu em sondagens.

Bolsokid ‘popular’

O deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSC-SP), filho de Jair, deve ganhar o prêmio Congresso em Foco na votação popular. Tem mais de 50 mil votos. Jean Wyllys (PSOL-RJ) surge em segundo com 17 mil. Políticos fazem campanha forte nas redes.

Malta na frente

Já na categoria “Melhor Senador”, Magno Malta (PR-ES) deve levar. Na parcial tem 45 mil votos. Os vencedores do Prêmio serão conhecidos na quinta-feira, em Brasília.

Votação paralela

Sem votos para derrubar a segunda denúncia contra o presidente Temer, a oposição providenciou painel no qual deputados podem fixar um imã com suas respectivas fotos em um dos três setores: “Investigar Temer”, “Em cima do Muro” ou “Livrar Temer”.

Amnésia

Confrontada no Senado pelo deputado Francischini (SD-PR), a ex-presidente da Caixa Maria Fernanda Coelho se esquivou ao ser indagada se outras empresas tiveram mesmo tratamento benevolente do banco como a JBS: “Lamento, não tenho essa informação”. A amnésia será curada. A CPI vai para cima da instituição para desnudar contratos.

Efeito do Rock

O Rio, que sucumbe em vários setores, tenta se recriar. Veja o efeito do sucesso do Rock in Rio: A Estácio lança dia 16 o ‘MBA Executivo em Gestão da Indústria Criativa’ para impulsionar o setor de entretenimento. O ministro da Cultura, Sérgio Sá Leitão, prestigiará o evento com o CEO do Rock in Rio, Luis Justo.

Nome na História

O dr. Enéas Carneiro, falecido em 2007, deve se tornar patrono da eletrocardiografia no Brasil. Projeto apresentado pela deputada Rosinha da Adefal (AVANTE-AL), que declara Enéas como patrono, foi aprovado na Comissão de Cultura da Câmara.

Inovação

A Confederação Nacional da Indústria abre inscrições para o maior torneio de robótica do país. A FIRST LEGO League acontece nos dias 18 e 19 de novembro.

Ponto Final

“A população quer ver os recursos públicos na saúde e na educação e não com os partidos, financiando as campanhas eleitorais."

Do senador Reguffe (Sem partido-DF).

Coluna de Leandro Mazzinni

Últimas de Brasil