PF realiza buscas em gabinete de irmão de Geddel na Câmara dos Deputados

Lúcio Vieira Lima (PMDB-BA) é o principal alvo da ação

Por O Dia

Brasília - A Polícia Federal (PF) realizou, nesta segunda-feira, buscas no gabinete de Lúcio Vieira Lima (PMDB-BA), irmão de Geddel Vieira Lima, na Câmara dos Deputados, em Brasília. A ação foi um pedido da procuradoria-Geral da República e é a primeira comandada por Raquel Dodge, a nova procuradora-geral da República. 

Deputado Lúcio Vieira Lima afirma é alvo de ação da PFDivulgação / Agência Brasil

Agentes da PF interditaram o acesso ao sexto andar do anexo IV da Câmara, local onde fica o gabinete de Lúcio, que permaneceu fechado mesmo após o fim da operação. O apartamento do deputado e outros dois endereços também foram alvos. 

Os policiais federais deixaram o gabinete do deputado pouco antes das 11h, após cinco horas de operação, levando malas e malotes com materiais apreendidos, segundo servidores do Congresso Nacional. Ainda não se sabe se Lúcio está em Brasília, Salvador ou em outra cidade.

Geddel Vieira Lima foi preso em julho por tempo indeterminado após a descoberta de malas de dinheiro com R$ 51 milhões que seriam do deputado, serem encontradas em um apartamento, em Salvador, na Bahia. O imóvel teria sido emprestado a Lúcio anteriormente. 

Últimas de Brasil