Presa com ossos humanos, estudante de Medicina diz que usaria 'para estudar'

Jovem pegou ossada em cemitério localizado na cidade do Paraguai

Por O Dia

Mato Grosso do Sul - Uma estudante de Medicina foi presa em Coronel Sapucaia, no Mato Grosso do Sul, nesta quarta-feira, após furtar ossos humanos em um cemitério de Pedro Juan Cabellero, cidade que fica no Paraguai. A jovem, de 19 anos, justificou aos policiais que pegou a ossada para estudar.

De acordo com o site Campo Grande News, a jovem estava em um carro com mais dois amigos, na região da Vila Industrial, quando policiais militarem abordaram o veículo. Na revista, foi encontrado um saco com vários ossos de humanos.

A estudante confessou que pegou os ossos em Pedro Juan Caballero, cidade no Paraguai que faz fronteira com o Brasil, onde cursa Medicina, e iria levar os ossos para envernizá-los na chácara do pai.

Pedro Juan Caballero%2C no Paraguai%2C fica a 2h de carro da cidade onde a estudante foi presa%2C Coronel SapucaiaReprodução/Google Maps

Ela responderá por remoção de tecidos, órgãos ou partes do corpo de pessoa ou cadáver, crime previsto na Lei 9.434/1997.

Últimas de Brasil