Esplanada: Aécio deixará presidência do PSDB e vai se candidatar à reeleição

Senador quer apoio declarado do partido e da bancada no Congresso quando deixar o cargo

Por O Dia

Brasília - O senador Aécio Neves (PSDB-MG) recuou e negocia com cautela, a passos de mineiro, a saída da presidência do PSDB. Ele fala com aliados da cúpula em ‘solução dialogada’ – em outras palavras, ‘perdi, mas não esculachem’.

Aécio não tem pressa porque o pior já aconteceu, reconhece o golpe na imagem. Por isso ele quer apoio declarado do partido e da bancada no Congresso quando deixar o cargo. E vai se candidatar à reeleição em 2018.

Oi, vizinho

A PGR Raquel Dodge tirou o título de Michel Temer de líder de quadrilha, dado por Janot, e passou para Geddel Lima. Dodge visitou Temer duas vezes no Palácio.

É ouro!

A Autoridade de Governança do Legado Olímpico (AGLO) vai ceder instalações do Velódromo, na Barra, para o Museu do Esporte, com acervo inicial cedido pelo Exército

Mistério

Micou a filiação de Jair Bolsonaro ao PEN – futuro Patriota, que já fez até propaganda de TV usando imagens do deputado. Bolsonaro e o presidente do PEN, Adilson Barroso, voltaram dos Estados Unidos há dias, e ficou um mistério. O presidenciável avisou à equipe para segurar tudo o que estiver em trâmite sobre a filiação.

Olho na agenda

Enquanto isso, Bolsonaro foi visto nesta semana entrando no hotel onde reside em Brasília o presidente do PTB, Roberto Jefferson – com quem tem conversado muito. BO deputado e Adilson Barroso terão uma conversa decisiva na próxima quarta-feira. 

Tal pai...

Ao receber o prêmio como Deputado do Ano do Congresso em Foco, pelo voto popular, Eduardo Bolsonaro (PSC) foi vaiado por parte da plateia e soltou: “Saúdo os militares de 64 por terem impedido a implementação de ditadura de esquerda em nosso País”.

Jogos

Mais de 100 pessoas, entre deputados, investidores estrangeiros e defensores do setor prestigiaram na terça jantar em Brasília promovido pelo Instituto Brasileiro Jogo Legal.

Jogos 2

O deputado César Halum (PR-TO) conversa com Rodrigo Maia para que paute no plenário o substitutivo do PL 442/91 mês que vem. Presidente Temer diz que sanciona.

Volta de Xerife

Com residência na Suíça, o delegado Protógenes Queiroz vai voltar ao Brasil e pedirá à Associação dos Delegados de PF e à corporação para reaver seu cargo. A 1ª Vara Criminal de SP extinguiu a pena contra ele por abuso de poder na operação Satiagraha.

Será que vai?

Convicto da rejeição da segunda denúncia no plenário da Câmara, o presidente Michel Temer já traça o calendário de votação da reforma da Previdência. Espera aprovar o texto mais enxuto da PEC em primeiro turno na segunda semana de novembro e concluir a votação na primeira semana de dezembro.

Legal & ilegal

A Philip Morris investe pesado em ações contra o contrabando e pirataria e destinará até US$ 100 milhões para projetos pelo PMI IMPACT. As propostas podem ser apresentadas até dia 15 de novembro no https://www.pmi-impact.com/Apply/How. 

Estado às compras

Quando o Estado se mete no mercado, num setor que vai bem, não é e não dá coisa boa. O PL 4447/12, do deputado Marcelo Matos (PDT-RJ), quer regular – ou engessar – a relação dos shoppings com lojistas, modelo referência mundial e de livre mercado.

Lembrete

Os shoppings representam a parte do PIB que tem dado bons números de geração de emprego e impostos há 50 anos. O relator da proposta é o deputado Áureo (SD-RJ).

Luz, câmera...

O Senado aprovou o novo diretor da Agência Nacional do Cinema. O produtor Christian de Castro assume a vaga de Manoel Rangel. 

Coluna de Leandro Mazzinni

Últimas de Brasil