Esplanada: Parque Estadual da Serra dos Pirineus está abandonado

Os incêndios em áreas da reserva são constantes nesta época, e na maioria das vezes os próprios moradores combatem as chamas

Por O Dia

Brasília - Há outra reserva ecológica preciosa em risco em Goiás, além do Parque Nacional da Chapada dos Veadeiros que arde em chamas, com fortes suspeitas de incêndio criminoso. A 300 km da Veadeiros, o Parque Estadual da Serra dos Pireneus, na região de Pirenópolis, está abandonado. Com guaritas destruídas e sem segurança.

Os incêndios em áreas da reserva e vizinhos a ela – o Governador Marconi Perillo tem propriedade próxima ao parque – são constantes nesta época, e na maioria das vezes os próprios moradores combatem as chamas. A assessoria do Governo não comentou. 

Podemos?

Ex-presidente da Funasa no Governo de Dilma Rousseff, o advogado Márcio Endles Vale voltou à cúpula do órgão como Diretor do Departamento de Administração.

Sim, Podemos

A nomeação de Márcio Endles foi assinada pelo chefe da Casa Civil, Eliseu Padilha. O advogado é ligado ao Podemos, partido que votou em peso a favor de Temer.

Nelma online

A doleira Nelma Kodama, que já foi presa na esteira dos processos de Alberto Youssef, mantém conta no Facebook com caras e bocas em Spas com tratamentos estéticos.

De novo!

Embora pendurado em dívidas com deputados que cobram a fatura da rejeição da segunda denúncia contra o presidente Michel Temer, o Palácio vai abrir o cofre para reativar a campanha de promoção da reforma da Previdência. As peças vão novamente direcionar a mensagem para o déficit previdenciário e a necessidade de mudar as regras.

Pelo ralo

Antes de a PEC empacar na Câmara, com a crise das denúncias contra Temer, o Governo desembolsou mais de R$ 100 milhões com a campanha publicitária para defender a reforma da Previdência em TV, rádio, internet, jornais e revistas.

PF autônoma

Está na pauta da CCJ da Câmara a PEC 412 que dá autonomia funcional, administrativa e orçamentária à Polícia Federal. É demanda antiga dos delegados. O relatório do deputado João Campos é pela admissibilidade e deve ser apreciado na segunda-feira.

Informalidade

Um cidadão contou ontem no Rio de Janeiro cerca de 200 camelôs em boa parte do lado par da Av. Rio Branco. E nenhum Guarda Municipal. A Prefeitura liberou geral.

Vou não!

A defesa de Eike Batista pediu o adiamento do depoimento dele à CPI do BNDES do Senado na quarta-feira. Alega que, na véspera, o empresário terá que prestar depoimento na 3ª Vara Federal Criminal da Seção Judiciária do Rio de Janeiro.

Vou também não!

O ex-ministro da Fazenda Guido Mantega também pediu o adiamento do depoimento à comissão. Afirma estar “às voltas com sérios problemas de saúde em família e tem permanecido no Hospital Albert Einstein diuturnamente desde o dia 29 de setembro”.

Gambiarras

O ex-ministro de Ciência Tecnologia deputado Celso Pansera (PMDB-RJ) reforça que o setor poderá “parar” caso não haja aporte de R$ 4 bilhões no orçamento. Lembra que os cortes iniciaram em 2015 e corrigidos com “medidas paliativas e gambiarras”.

Fumaça...

Um tema ganha força na comunidade científica brasileira: uso de cigarros eletrônicos, proibidos no Brasil desde 2009 pela Anvisa. De um lado, aos antitabagistas vêem no produto forte apelo ao público jovem e o retorno da glamourização dos cigarros.

...virtual

Do outro lado, um crescente número de especialistas, brasileiros e estrangeiros, aposta que o cigarro eletrônico pode ser uma alternativa menos prejudicial à saúde para os mais de 18 milhões de fumantes no Brasil, a exemplo do que acontece no Reino Unido.

Silêncio no terminal

A Infraero se calou. Informa que não comenta demissão de servidores, questionada sobre o caso de Alex Fabiano, funcionário de carreira demitido, presidente da Associação Nacional dos Empregados da empresa que questionava ações da direção.

Coluna de Leandro Mazzinni

Últimas de Brasil