Ministro do STF, Luís Barroso nega possibilidade de ser candidato à Presidência

Em nota à imprensa, ministro desmentiu possibilidade

Por O Dia

Brasília - O ministro Luís Roberto Barroso, do Supremo Tribunal Federal (STF), afirmou nesta quarta-feira que não tem intenção de ser candidato à Presidência da República. Em nota à imprensa, respondendo a um artigo do jornalista Elio Gaspari, Barroso destacou que sua atuação para colaborar com o Brasil se dá dentro de sua missão como professor e como ministro do Supremo.

Luís Barroso negou possibilidade de concorrer à presidência da RepúblicaAntonio Cruz / Agência Brasil

"Em definitivo, asseguro que não passa pela minha cabeça qualquer projeto eleitoral, circunstância que comprometeria a autoridade e a independência de minhas posições", ressaltou o ministro. 

Barroso não é o primeiro a ser cogitado para presidente. Em meio a tensão política envolvendo as eleições de 2018, vários nomes têm surgido na Câmara como opções para concorrer ao cargo presidencial. Recentemente, o ministro da Fazenda, Henrique Meirelles também foi colocado entre os possíveis candidatos, porém, inicialmente descartou ser pré-candidato e também a possibilidade de ser vice. 

"Não serei candidato a vice-presidente em nenhuma hipótese (...) Não tomo decisões por antecipação, como tem sido prática na minha carreira", afirmou Meirelles em entrevista à Rádio Gaúcha no dia 3 de novembro. 

Com informações do Estadão Conteúdo

 

Últimas de Brasil