Morre a 13ª vítima de incêndio em creche de Janaúba

Jessica Morgana estava internada há dois meses

Por O Dia

Minas Gerais - Morreu nesta segunda-feira a 12ª vítima do incêndio proposital em uma creche em Janaúba, no interior de Minas Gerais, ocorrido no dia 5 de outubro. Jéssica Morgana, de 23 anos, estava internada desde o dia do ataque na Santa Casa de Montes Claros, também no interior do Estado.

Jessica Morgana estava internada há dois mesesReprodução Facebook

Outros dois pacientes seguem internados na unidade com estado de saúde estável. Em Belo Horizonte, outras três vítimas, em estado grave, também estão sob cuidados médicos.

Segundo informações da Polícia Militar e do Corpo de Bombeiros, Damião Soares dos Santos, de 50 anos, vigia do Centro Municipal de Educação Gente Inocente, jogou álcool nos alunos da creche e nele mesmo e, em seguida, ateou fogo. Ele chegou a ser internado, mas não resistiu às queimaduras e morreu pouco tempo depois.

Creche vai ganhar nome de professora

A prefeitura de Janaúba, que deve reinaugurar no início de 2018 a creche palco da tragédia que vitimou 13 pessoas até o momento. A unidade vai receber o nome da professora Heley de Abreu, morta no episódio.

A professora de 43 anos é considerada uma "heroína" na cidade. De acordo com testemunhas, Heley tentava socorrer as crianças em meio ao incêndio quando percebeu que o vigilante estava retornando ao local, com mais combustível e um palito de fósforo nas mãos. Ela tentou impedir o criminoso e os dois chegaram a entrar em luta corporal.

Últimas de Brasil