PM é preso após matar esposa a tiros na frente da filha

A vítima, que também era policial, chegou a ser resgatada mas não resistiu aos ferimentos

Por O Dia

São Paulo - Um policial militar foi preso neste domingo após matar a tiros a própria mulher, que também fazia parte da corporação. O crime aconteceu na residência do casal, no bairro Ipiranga, na Zona Sul de São Paulo.

Residência do casal foi isolada pela políciaReprodução TV Globo

De acordo com a PM, Ailton de Souza Lima discutiu com a esposa, Ana Amélia Panichi, e efetuou dois disparos nela. A filha da vítima, de apenas dez anos, fruto de um relacionamento anterior, estava em casa no momento do incidente e viu a mãe ser baleada.

Segundo reportagem do jornal "Bom Dia SP", Ana Amélia chegou a ser socorrida pelos bombeiros e levada para o Hospital Heliópolis, mas não resistiu aos ferimentos e acabou falecendo. Ailton tentou fugir, mas se entregou poucas horas após o crime.

Ainda de acordo com a PM, o caso foi registrado como homicídio doloso, e será investigado na Polícia Civil pelo Departamento Estadual de Homicídios e de Proteção à Pessoa (DHPP). A Corregedoria da Polícia Militar também deve acompanhar as investigações.

Últimas de Brasil