Petrobras reinicia produção em plataforma afetada por incêndio

Em dezembro, danos causados por incêndio que afetou o sistema de produtos químicos da plataforma interromperam a produção da unidade

Por O Dia

A P-20 tem potencial de produção de cerca de 20 mil barris de óleo por diaDivulgação / Petrobras

Rio de Janeiro - A Petrobras informou na noite de segunda-feira que reiniciou durante a manhã a produção de petróleo e gás natural na plataforma P-20, instalada no campo de Marlim, na Bacia de Campos. No dia 26 de dezembro do ano passado, danos causados por incêndio que afetou o sistema de produtos químicos da plataforma deixou a unidade temporariamente com a produção interrompida.

Na nota, em que informa a retomada da produção, a empresa informou que, “com autorização dos órgãos competentes, a companhia tomou todas as providências necessárias para normalizar a operação da P-20, dentro dos mais rigorosos padrões de segurança, meio ambiente e saúde”.

A Petrobras informa ainda que, para viabilizar os trabalhos de recuperação da unidade, equipes especializadas de diversas disciplinas trabalharam durante aproximadamente 100 dias de forma “comprometida e intensa”. Foram envolvidos, no total, 79 profissionais em terra (dos quais 25 com dedicação exclusiva) e outros 220 a bordo.

Uma das unidades que integram os sistemas de produção do Campo de Marlim, no norte fluminense, a P-20 tem potencial de produção de cerca de 20 mil barris de óleo por dia.

Últimas de _legado_Notícia