Por parroyo

A balança comercial brasileira registrou superávit de US$ 563 milhões na terceira semana de maio - entre os dias 12 a 18. As exportações caíram 0,6% em relação a semana anterior e somaram US$ 5,155 bilhões. As importações também diminuíram 8,1%, para US$ 4,592 bilhões.

O desempenho médio diário da balança foi de US$ 112,6 milhões e a corrente de comércio somou US$ 9,747 bilhões, com resultado médio por dia útil de US$ 1,949 bilhão.

Houve diminuição de 8,4% nas exportações de produtos semimanufaturados, especialmente de açúcar em bruto, celulose, couros e peles, ferro-ligas e semimanufaturados de ferro e aço. Também retrocederam em 1,7% as vendas de produtos manufaturados, principalmente de autopeças, automóveis de passageiros, polímeros plásticos, açúcar refinado, veículos de carga e suco de laranja. Por outro lado, as vendas de básicos cresceram 2,7%, com destaque para petróleo em bruto, minério de ferro, carne bovina, café em grão, minério de cobre e fumo em folhas.

Houve diminuição de 8,4% nas exportações de produtos semimanufaturadosMARCELA BELTRAO

A queda nas importações é explicada, principalmente, pela diminuição nos gastos com combustíveis e lubrificantes, equipamentos mecânicos, aparelhos eletroeletrônicos, veículos automóveis e partes, e adubos e fertilizantes.

Mês

A balança registra superávit no mês de US$ 789 milhões (média diária de US$ 71,7 milhões). Em maio de 2013, a balança comercial foi superavitária em US$ 763 milhões, com resultado diário de US$ 36,3 milhões.

Nos 11 dias úteis de maio, as exportações foram de US$ 11,379 bilhões, com média diária de US$ 1,034 bilhão. Pela média, houve redução de 0,5%, em relação ao resultado de maio de 2013.

Ano

Nos 92 dias úteis de 2014, a balança comercial registra déficit de US$ 4,777 bilhões (média diária negativa de US$ 51,9 milhões). Em período correspondente do ano passado, havia déficit de US$ 5,089 bilhões, com resultado médio diário de US$ 54,1 milhões.

No período, as exportações alcançam US$ 80,691 bilhões (média diária de US$ 877,1 milhões), resultado 2,1% abaixo do verificado no período equivalente de 2013, que teve média diária de US$ 895,5 milhões. As compras brasileiras no mercado externo, por sua vez, chegam a US$ 85,468 bilhões (média diária de US$ 929 milhões).

De janeiro até a terceira semana de maio, a corrente de comércio totaliza US$ 166,159 bilhões (média diária de US$ 1,806 bilhão), com redução de 2,1% sobre a média do período equivalente do ano passado (US$ 1,845 bilhão).

Você pode gostar